SP, Rio e Minas serão afetadas por ‘bolha de calor’ e temperaturas podem chegar a 45 °C

TAG Notícias

O portal meteorológico MetSul emitiu um alerta sobre a formação de uma “bolha de calor” nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, substituindo a onda de calor anterior. Espera-se que esse fenômeno eleve as temperaturas para até 45°C. Por outro lado, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê chuvas intensas em partes do Nordeste e Norte do país.

Segundo o MetSul, a “bolha de calor” afetará o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, parte de Goiás, parte de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo nos últimos dias do verão de 2024. No entanto, de acordo com o alerta do Inmet, espera-se que o calor intenso se concentre no Sul do país, além de Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Leia também: Governo antecipa 13º para aposentados e pensionistas do INSS; veja as datas

Este fenômeno pode resultar em temperaturas até 10°C acima do normal em algumas regiões, sendo ocasionado por áreas de alta pressão que formam uma cúpula de calor e permanecem estacionadas sobre a mesma área por vários dias ou até semanas, retendo o ar quente.

O Inmet emitiu dois alertas, um de “Perigo” e outro de “Perigo Potencial” para a onda de calor que também atinge as regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste. Esse fenômeno é caracterizado por temperaturas que permanecem 5°C acima da média por pelo menos 5 dias consecutivos. Os avisos, destacados em laranja e amarelo, têm validade até as 18h de quinta e sexta-feira. O calor excessivo pode representar riscos à saúde.

Inmet emite alertas de "Perigo" e "Perigo Potencial" (Foto: Inmet)
Inmet emite alertas de “Perigo” e “Perigo Potencial” (Foto: Inmet)

Além disso, o Inmet também alerta para chuvas intensas em partes do Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. A cor laranja indica possíveis chuvas entre 30 e 60 mm/h e ventos de até 100 km/h, com riscos de cortes de energia elétrica, danos agrícolas, quedas de árvores e alagamentos. Já a cor amarela indica chuvas entre 20 e 30 mm/h, com ventos intensos e baixo risco de corte de energia elétrica, quedas de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas. Os avisos têm validade até as 23h59 de quarta-feira e as 10h de quarta-feira, respectivamente.

Mancha amarela encobre parte do território (Foto: Inmet)
Mancha amarela encobre parte do território (Foto: Inmet)

Para mais atualizações sobre o clima, siga a gente no Google News

Confira abaixo a previsão do tempo para algumas cidades afetadas:

  • Rio de Janeiro: Pouca nebulosidade ao longo do dia, com máxima de 32°C e mínima de 22°C.
  • São Paulo: Poucas nuvens, com influência da “bolha de calor”. Máxima e mínima não foram fornecidas.
  • Curitiba: Tempo estável, com temperaturas entre 30°C e 17°C.
  • Porto Alegre: Céu parcialmente nublado, com máxima de 36°C e mínima de 24°C.
  • Campo Grande: Semelhante a Porto Alegre, com máxima de 36°C e mínima de 24°C.
  • Fortaleza: Nublado, com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. Máxima de 32°C e mínima de 26°C.
Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 977

Deixe um comentário