Recém-nascida é atingida por bala perdida em hospital

desespero

Uma recém-nascida foi atingida de raspão na cabeça por uma bala perdida dentro do Hospital Barão de Lucena, localizado no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. O incidente ocorreu na noite do domingo (26), apenas quatro horas após o nascimento da bebê.

O Incidente

O pai da recém-nascida, Luís Guedes, zelador, relatou que ele e sua esposa ouviram um barulho abafado enquanto a filha dormia na ala pediátrica, no quinto andar da unidade de saúde. O choro intenso da bebê alertou os pais, que então descobriram a bala ao lado da cabeça dela.

Leia também: Peritos do RS utilizam DNA e arcada dentária para identificar vítimas

Ela estava dormindo, e, de repente, a gente escutou aquele estalo abafado. E eu escutei minha filha chorando muito alto, corri para pegar ela e, quando olhei, ao lado da cabecinha dela estava a bala”, contou Luís.

Desesperados, os pais removeram a bebê do berço e notaram o ferimento em sua cabeça. No mesmo ambiente, havia outros dois recém-nascidos.

A gente ficou muito desesperado, sem saber o que fazer. Poderia ter causado a morte da minha filha. Ela tinha acabado de nascer e poderia ter morrido no próprio hospital”, lamentou Luís.

Resposta das Autoridades

Luís procurou policiais militares presentes no hospital, que imediatamente isolaram a área. As mães e os bebês nos leitos próximos foram transferidos para outros alojamentos para permitir o trabalho da perícia.

Estado de Saúde da Bebê

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a bebê foi prontamente atendida por uma médica neonatologista, passou por exames e está em condição estável.

Investigações

Luís, que é da cidade de Escada, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, afirmou que não prestou queixa na delegacia local por não conhecer bem o Recife e temer não conseguir retornar ao hospital. No entanto, ele planeja registrar um boletim de ocorrência em sua cidade natal, buscando investigação sobre o caso.

A Polícia Militar suspeita que o tiro tenha vindo da rua. A Polícia Civil informou que a Delegacia do Cordeiro está encarregada da investigação e que irá “tomar as devidas providências para o esclarecimento do ocorrido”.

Para mais informações sobre este e outros acontecimentos, siga a gente no Google News

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 1045

Deixe um comentário