Professora morre atropelada por aluna durante prova de direção no Distrito Federal

TAG Notícias

No último domingo, 6 de agosto, ocorreu um trágico acidente em Alexânia, localizada no Entorno do Distrito Federal, resultando na morte de uma mulher de 49 anos.

O incidente ocorreu durante uma prova de direção, quando a vítima, identificada como Ozeni Alves Teixeira, foi atropelada por uma aluna que estava realizando o exame prático.

Leia também: Lula sanciona lei que autoriza ozonioterapia, alvo de polêmica durante a pandemia

Segundo relatos de familiares, após ser atingida pelo veículo, Ozeni Alves Teixeira foi prontamente socorrida e encaminhada a um hospital da região. No entanto, infelizmente, ela não resistiu e sofreu uma parada cardíaca.

Mulher morre atropelada pela própria aluna (Foto: Reprodução / Tag Notícias)
Mulher morre atropelada pela própria aluna (Foto: Reprodução / Tag Notícias)

Como aconteceu?

O acidente aconteceu por volta das 12h30, na Praça Juventude, nas proximidades da rodoviária da cidade.

A vítima aguardava junto a outros candidatos para a realização da prova prática quando o incidente ocorreu. Testemunhas indicam que a situação se deu após uma aluna, que havia sido reprovada no exame, entrar em pânico e acelerar o veículo de forma repentina, depois que o avaliador solicitou que ela parasse o carro.

O impacto resultou na colisão com Ozeni Alves Teixeira, que acabou sendo prensada contra o muro de um quiosque onde os demais candidatos esperavam. Além dela, outras duas pessoas também foram atingidas no incidente.

Leia também: Lula inaugura infovia no Pará para levar internet a 3 milhões de pessoas

O genro de Ozeni relatou que ela sofreu fraturas no ombro, maxilar e costela, esta última perfurando o pulmão.

O Detran-GO emitiu uma nota expressando solidariedade às vítimas e se prontificando a oferecer todo o apoio necessário aos envolvidos e às famílias afetadas. O departamento informou que solicitou perícias tanto no local do acidente quanto no veículo utilizado no exame.

A candidata responsável pelo veículo e o examinador serão submetidos ao teste do bafômetro. O examinador foi afastado de suas funções até a conclusão das investigações.

O nome do examinador que estava presente no veículo com a aluna não foi divulgado.

De acordo com informações do Detran-GO, o profissional permaneceu no local e prestou assistência à vítima. Posteriormente, foi orientado pela presidente da banca a aguardar os procedimentos dentro da van, o veículo utilizado pelos examinadores para chegarem ao local das provas na cidade.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1561