Logo
Virou notícia, virou Tag!

PL trabalha para cassar mandato da deputada Carla Zambelli

PL está trabalhando para cassar o mandato de Carla Zambelli

Facebook
Twitter
LinkedIn
A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) (Foto: Reprodução/Tag Notícias)
A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) (Foto: Reprodução/Tag Notícias)

O Partido Liberal (PL), que tem como uma de suas lideranças o ex-presidente Jair Bolsonaro, está enfrentando a possibilidade de cassação do mandato da deputada Carla Zambelli (PL-SP). Diante da operação realizada pela Polícia Federal nesta quarta-feira (02), com mandados de busca e apreensão, o PL não demonstrará esforços para defender a parlamentar.

Leia também: Tragédia: Recém-nascido morre com tiro na cabeça em Maringá, no Paraná

Carla Zambelli já se encontra com um inquérito aberto na Comissão de Ética da Câmara dos Deputados, que foi solicitado pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). A acusação contra a deputada envolve quebra de decoro parlamentar, devido a um episódio em que ela proferiu insultos e constrangeu o deputado Duarte Jr. (PSB-MA) durante uma audiência com o ministro da Justiça, Flávio Dino.

Carla Zambelli chorando ao temer perder mandato (Foto: Reprodução)
Carla Zambelli chorando ao temer perder mandato (Foto: Reprodução)

A avaliação do PL é de que a operação realizada pela PF nesta data torna a situação de Carla Zambelli ainda mais complicada. Segundo a cúpula do partido, a parlamentar perdeu apoio entre seus colegas desde o ano passado, quando, às vésperas da eleição presidencial, perseguiu um jornalista portando uma arma.

O próprio presidente Bolsonaro afirmou que o episódio lhe custou votos. Agora, os documentos apreendidos pela PF na operação de hoje podem vir a engrossar o inquérito que investiga as condutas de Zambelli na Câmara dos Deputados.

Prisão do hacker da Vaza Jato

Além disso, a operação da PF também resultou na prisão de Walter Delgatti, conhecido como o hacker da “Vaza Jato”, que já estava em negociações para realizar uma delação premiada. Delgatti foi responsável por inserir um falso mandado de prisão no sistema do Conselho Nacional de Justiça contra o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes. Ele confessou que agiu a pedido da deputada Zambelli.

PF prende Walter Delgatti, o “hacker de Araraquara” (foto: reprodução - Tag Notícias)
PF prende Walter Delgatti, o “hacker de Araraquara” (foto: reprodução – Tag Notícias)

Essa eventual delação tem preocupado os bolsonaristas, uma vez que, no ano passado, Carla Zambelli levou Delgatti, o hacker, para uma reunião com o ex-presidente Jair Bolsonaro e também com o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto. Durante esse encontro, Delgatti teria afirmado que poderia invadir o sistema do TSE e alterar o resultado da eleição.

Leia também: Lula baixa ordem e proíbe ministro de irem a eventos de João Doria

Caso Walter Delgatti decida fazer a delação, poderá revelar detalhes da conversa com Bolsonaro, bem como informações sobre os pagamentos recebidos da deputada Carla Zambelli e os serviços ilegais que realizou a pedido da parlamentar. Essa possível delação poderá ter um impacto significativo no cenário político, envolvendo ainda mais o PL e o ex-presidente Bolsonaro em questões controversas.

Daniel Vicente
Daniel Vicente
Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!