Internautas apontam hipocrisia de Leonardo após criticar show da Madonna: “Dançarinas sem calcinha”

POLÊMICA

No cenário fervilhante do entretenimento, a controvérsia nunca está longe. Recentemente, o lendário cantor Leonardo, aos 60 anos de idade, viu-se envolvido em uma nova polêmica, desta vez com a icônica Madonna, aos 65. Tudo começou após o épico show de Madonna para uma plateia de 1,6 milhões de pessoas em Copacabana, no último sábado (4). Enquanto a Rainha do Pop deslumbrava o público com sua energia contagiante, Leonardo não poupou críticas, destacando elementos considerados controversos, como as cenas eróticas e as mensagens que, segundo ele, confrontavam os valores cristãos.

Leia também: Ex-funcionário de Gal Costa acusa viúva da cantora de “roubar” joias da artista

Em uma declaração franca, Leonardo expressou sua opinião sobre a apresentação: “A gente não perde tempo com esse tipo de show. Aquilo não é show, aquilo é uma suruba. Aquilo lá você faz em outro lugar, não é em show, não é em palco. Se tiver que fazer, faz em uma casa de swing”. A crítica do cantor não se limitou apenas à natureza sensual do evento, ele também fez menção ao que chamou de aspectos “satanistas” da performance de Madonna, expressando seu desconforto como cristão.

Apesar de reconhecer o talento e vigor físico da artista, Leonardo foi incisivo em sua avaliação: “Mas tem muita coisa ali que é voltada para o Satanás, para o Diabo. É muita coisa errada, eu acho. Eu acho, a minha opinião. A performance da Madonna, a cantora, é demais. É maravilhosa. Agora, o contexto em si, com o satanismo junto, para mim, eu sou cristão, então eu não gosto, entendeu?”.

As palavras do veterano músico desencadearam uma onda de reações nas redes sociais, com internautas levantando argumentos que questionavam a moralidade do próprio Leonardo. Referências foram feitas às suas controvérsias passadas, incluindo traições conjugais e a natureza provocativa de seus próprios espetáculos, como o caso do show intitulado “Cabaré”, no qual as dançarinas são descritas como sensuais, chegando até a serem acusadas de subir ao palco sem calcinha.

“Trai que nem bebe água, tem filho fora do casamento, só fala bobeira e bebe cachaça nos shows cheios de bailarinas seminuas sendo objetificadas por homens, mas quer falar dos outros”, criticou uma internauta. “Silêncio, o cristão que trai a esposa tá falando”, ironizou outro. “Nome do show: Cabaré. Bailarinas: quase que só de roupas íntimas. Traição: várias. E esse histórico não é da Madonna, Sr. Leonardo”, completou mais um.

Público aponta hipocrisia de Leonardo ao criticar Madonna
Público aponta hipocrisia de Leonardo ao criticar Madonna

A polêmica não para por aí. Recentemente, as próprias bailarinas de Leonardo foram alvo de controvérsia, acusadas de subir ao palco sem calcinha. Um vídeo divulgado na internet mostrou as dançarinas refutando tais acusações, afirmando que utilizam roupas íntimas durante as apresentações.

Neste embate entre dois ícones da música, as opiniões divergem, mas uma coisa é certa: o mundo do entretenimento está sempre pronto para mais uma dose de drama e discussão. Acompanhe as últimas notícias e polêmicas seguindo a gente no Google News.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1620

Deixe um comentário