Helicóptero com três tripulantes desaparece no Pará

TAG Notícias

Um mistério ronda o sudeste do Pará desde segunda-feira (19) com o desaparecimento de um helicóptero que transportava um servidor público e pelo menos mais dois passageiros. A aeronave sumiu entre Novo Repartimento e Marabá, levando as equipes da delegacia de Nova Marabá a conduzirem as investigações.

Abílio Manoel Figueiredo, analista de Infraestrutura de Transportes do Dnit, não estava em viagem oficial, confirmou o órgão. Ele estava acompanhado pelo piloto, Josimar Éneas da Costa, e por Nildo Ferreira. Segundo um parente do piloto, eles foram até uma fazenda para trabalhos agrícolas.

Leia também: Bolsonaro promete ato pacífico e pede menos pressão das autoridades

Partindo de Novo Repartimento às 19h de segunda-feira, o helicóptero deveria ter chegado a Marabá, seu destino final, até a noite de terça-feira. No entanto, não houve sinal da aeronave, em uma rota de 180 km.

A propriedade da aeronave é atribuída à empresa Fox Data & Co., que não comentou sobre as operações de busca quando contatada por telefone. A Polícia Civil está coordenando as buscas em colaboração com os Serviços de Busca e Salvamento Aeronáutico da Aeronáutica do Brasil.

O Dnit, por sua vez, monitora de perto as operações de busca e esclarece que o servidor público a bordo não estava em serviço no momento do desaparecimento.

Para mais atualizações sobre esta história e outras notícias relevantes, siga-nos no Google News clicando aqui.

Nota do Dnit

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informa que está acompanhando as buscas da aeronave que desapareceu no Pará com um servidor da autarquia a bordo. O DNIT esclarece que o servidor não estava a serviço do órgão. No momento, não há mais informações sobre o assunto e mais detalhes devem ser apurados junto às equipes de buscas.

Nota da FAB

A Força Aérea B rasileira (FAB), por meio do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), informa que o SALVAERO Amazônico foi acionado nesta terça-feira (20/02), após ter recebido a informação que o helicóptero, modelo R-44, de matrícula PT-BLZ, encontra-se desaparecido desde a segunda-feira (19/02).
Segundo informações, a aeronave decolou próximo da cidade de Tucuruí e não chegou ao seu destino.
O SALVAERO Amazônico prontamente informou ao Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), que disponibilizou a aeronave da FAB P 95 Banderulha para iniciar as buscas na região.
As buscas estão em andamento e, até o momento, a aeronave não foi encontrada.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1746

Deixe um comentário