Bolsonaro promete ato pacífico e pede menos pressão das autoridades

TAG Notícias

Na véspera de seu depoimento à Polícia Federal sobre alegações de uma suposta organização criminosa, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) reiterou seu chamado para um ato na Avenida Paulista, marcado para o próximo domingo (25). Em uma entrevista à CBN Recife, realizada na sede do PL em Brasília, Bolsonaro destacou a natureza pacífica do evento e fez um apelo às autoridades para reduzir a pressão.

Prevendo manter silêncio durante seu depoimento à PF, Bolsonaro negou qualquer intenção de tomar o poder à força após a derrota nas eleições de 2022 para Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ele enfatizou que o ato em São Paulo será uma oportunidade para se defender das acusações e mostrar apoio à sua candidatura.

Leia também: STF e PF estudam monitoramento da manifestação pró-Bolsonaro em SP

Contrastando com discursos anteriores de tom agressivo, Bolsonaro assegurou que a manifestação será pacífica. Ele lamentou sua inelegibilidade decretada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atribuindo-a a uma suposta perseguição política. O ex-presidente conclamou seus apoiadores a comparecerem ao ato, destacando a importância de lutar contra projetos que ameaçam a liberdade, como um suposto controle da mídia social.

Para ficar atualizado sobre este e outros desenvolvimentos políticos, siga-nos no Google News clicando aqui.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1727

Deixe um comentário