Em dois dias, Troco Solidário Havan arrecada R$ 1 milhão para o Rio Grande do Sul

solidariedade

A Havan iniciou, no sábado, 4, uma campanha, por meio do Troco Solidário, em prol das famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Todo valor arrecadado no mês de maio será destinado ao estado gaúcho. Em apenas dois dias, os clientes Havan doaram mais de R$ 1 milhão. As doações podem ser feitas em qualquer uma das 176 megalojas Havan em todo o Brasil.

Além do Troco Solidário, a Havan também disponibilizou os dois helicópteros da empresa para auxiliar no Rio Grande do Sul. Eles estão no estado desde quinta-feira, 2. Junto com os helicópteros estão: quatro pilotos, um mecânico e um resgatista voluntário.

Leia também: Folha de SP posta charge sobre tragédia no Rio Grande do Sul e é massacrada na Internet

Até na manhã desta segunda-feira, 6, já haviam sido realizados mais de 300 pousos e decolagens, sendo transportados 23 pacientes para hemodiálise e 12 médicos para atender pacientes. Foram mais de dez toneladas de alimentos e água transportados e mais de mil marmitas distribuídas.

Três voos de apoio a companhias elétricas e de água também foram realizados para verificar estragos e reestabelecer o fornecimento, além do transporte de diversas tropas da polícia e dos bombeiros, transporte de medicamentos importantes para pessoas isoladas que estavam precisando e transporte de remédio para hemodiálise vindo da capital para Lajeado.

A Havan realizou também apoio para a operação de retirada de corpos de uma família de cinco pessoas que morreu soterrada. As operações estão sendo realizadas desde quinta-feira, sendo a primeira aeronave civil a chegar no estado e realizou pouso para apoio em pelo menos dez cidades diferentes.

Megalojas atingidas

A Havan teve duas megalojas inundadas, em Lajeado e Porto Alegre, sendo que a de Lajeado foi completamente destruída, num prejuízo entre R$ 20 a R$ 30 milhões. Em Porto Alegre, a água atingiu o primeiro piso, onde ficam a praça de alimentação, banheiros e estacionamentos. Carros que estavam no local ficaram submersos.

Em visita à loja de Lajeado, no sábado, 4, o empresário Luciano Hang garantiu aos colaboradores que todos os empregos serão mantidos. “Vamos antecipar também o PPR (Programa de Participação nos Resultados) e 13º para os colaboradores de sete cidades onde temos lojas e foram atingidas pelas cheias, que são os municípios de Santa Maria, Santa Cruz do Sul, Lajeado, Canela, Porto Alegre, Guaíba e Caxias do Sul”, ressalta o dono da Havan.

Siga a gente no Google News para ficar por dentro das últimas notícias!

Na loja de Lajeado, alguns produtos que estavam na parte mais alta ficaram intactos. Eles serão doados para entidades do município para que estas possam fazer a distribuição para as pessoas que mais necessitam no momento.

Auxílio ao Exército

O estacionamento da Havan de Guaíba, desde o fim de semana, está sendo ponto de coleta de doações de mantimentos, onde helicópteros estão pousando no local para carregarem e levarem para as cidades atingidas.

Nesta segunda-feira, 6, o Exército também iniciou a montagem de um hospital no estacionamento da Havan de Guaíba para atender a população.

Receba nossas notícias em tempo real no whatsapp

“Estamos concentrando nossos esforços para ajudar nossos irmãos gaúchos. Estamos sensibilizados com tudo que está acontecendo no estado. Estive lá no sábado e vi o cenário de guerra que está. Como cidadão, não poderia deixar de ajudar. Tivemos sim, prejuízos, mas nada comparado com o que as pessoas estão vivendo. São casas e carros destruídos, mas, principalmente, vidas perdidas”, destaca Hang.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1924

Deixe um comentário