Demissão do Presidente da Petrobras: Lula Afasta Jean Paul Prates

"saída negociada"

O cenário corporativo da Petrobras foi abalado nesta terça-feira (14) com a demissão de Jean Paul Prates do cargo de presidente da Petrobras. Segundo apuração da CNN, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu afastar Prates, embora os comunicados oficiais da estatal apresentem uma versão diferente dos acontecimentos.

Leia também: Planos de saúde limitam reembolsos para reduzir custos

Em suas comunicações aos investidores, a Petrobras afirmou que a saída de Prates ocorreu “a pedido” e “de forma negociada”. No documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a estatal informa que Jean Paul Prates solicitou o “encerramento antecipado de seu mandato como presidente da Petrobras”, reforçando que a decisão foi registrada de forma consensual.

A Petrobras também anunciou a indicação de Magda Chambriard para a presidência, destacando que o pedido de saída de Prates foi apresentado para apreciação do Conselho de Administração, sugerindo um processo ordenado e negociado.

Receba nossas notícias em tempo real no whatsapp

No entanto, conforme informações obtidas pela CNN, a realidade parece ser mais complexa. Fontes próximas a Prates revelaram que ele foi demitido diretamente pelo presidente Lula. Prates teria comunicado a decisão a seus aliados mais próximos e membros de sua equipe, confirmando a interferência direta do Executivo na administração da estatal.

Para acompanhar todas as atualizações sobre essa e outras notícias importantes, siga a gente no Google News.

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1896

Deixe um comentário