Logo
Virou notícia, virou Tag!

Cruzeiro de luxo encalha no meio da Groenlândia com 200 pessoas e ajuda mais próxima está a 1 dia de distância

O navio de resgate mais perto está a um dia de distância, caso as condições climáticas sejam favoráveis

Facebook
Twitter
LinkedIn
Cruzeiro de Luxo encalha na Groenlândia
Cruzeiro de Luxo encalha na Groenlândia (Foto: Reprodução / Tag Notícias)

Um cruzeiro transportando 206 passageiros e tripulantes ficou encalhado em uma área remota da Groenlândia, e pode permanecer preso por vários dias aguardando a chegada do navio mais próximo para assistência.

O navio em questão, o Ocean Explorer, encontrou dificuldades na segunda-feira, dia 11, ao navegar pelo Alpefjord, uma região dramática e acidentada localizada no Parque Nacional Nordeste da Groenlândia, e não conseguiu se libertar, conforme comunicado emitido pelo Comando Conjunto do Ártico (JAC) da Dinamarca.

Leia também: Projeto de lei promete proteção robusta para passageiros de voo

De acordo com o JAC, a maré, que ocorreu durante o dia, não proporcionou a ajuda necessária para que o navio se movesse. Felizmente, não houve relatos de feridos ou risco ambiental resultante do encalhe.

Após o incidente, o navio de inspeção mais próximo, o Knud Rasmussen, foi despachado para prestar auxílio. No entanto, enfrentará uma viagem de mais de 2.200 quilômetros até o navio de cruzeiro, como mencionado no comunicado.

Cruzeiro de luxo que partiu para Groelândia
Cruzeiro de luxo que partiu para Groelândia (Foto: Reprodução / Tag Notícias)

A previsão é que o Knud Rasmussen chegue ao Ocean Explorer na manhã de sexta-feira, dia 15, dependendo das condições climáticas.

O comandante do Ártico, Brian Jensen, afirmou: “Assim que percebemos que o Ocean Explorer não conseguiria se libertar sozinho, enviamos um navio em direção aos destroços. Também planejamos fazer sobrevoos da área o mais rápido possível para obter novas imagens que nos ajudem a avaliar a situação no local.”

Vale ressaltar que o Ocean Explorer é atualmente operado pela Aurora Expeditions, uma empresa australiana especializada em viagens de expedição para os destinos mais remotos do mundo. Até o momento, a CNN não obteve comentários da Aurora Expeditions sobre o ocorrido.

Leia também: Brasileiro foragido está armado com um rifle e polícia dos Estados Unidos faz alerta máximo

O Comando do Ártico está em contato com navios relevantes na área que podem prestar assistência, e Jensen enfatizou que a segurança de todos é a prioridade máxima.

Conforme informado no comunicado, o Governo da Groenlândia, a Autoridade Marítima Dinamarquesa e o Conselho Dinamarquês de Investigação de Acidentes já foram notificados sobre o incidente.

Daniel Vicente
Daniel Vicente
Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!