Bolsonaro se reúne com Forças Armadas após Alexandre de Moraes negar ação contra urnas

Compromisso não constava na agenda do presidente O presidente Jair Bolsonaro (PL) se reuniu com os líderes militares no palácio da Alvorada na manhã desta quinta-feira.
TAG Notícias

Compromisso não constava na agenda do presidente

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se reuniu com os líderes militares no palácio da Alvorada na manhã desta quinta-feira.

A reunião aconteceu um dia depois de o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, negar a ação do Partido Liberal (PL) que contesta o resultado do segundo turno das eleições deste ano.

+ Neymar dará presente a Bolsonaro caso receba o hexa na Copa do Mundo; saiba qual

A reunião contou com a presença dos ministros do atual governo e do general Walter Braga Netto, vice-presidente de Bolsonaro neste ano.

Também estiveram presentes no Alvorada militares de alta patente: General Freire Gomes, comandante do Exército Almir Garnier, da Marinha e Carlos de Almeida Baptista, da Aeronáutica.

A reunião não estava na agenda do presidente. Os generais ouvidos pelo Estadão disseram que Bolsonaro pretende contestar a decisão de Moraes recorrendo ao TSE ou ao Tribunal de Justiça Federal (STF).

+ Moraes rejeita pedido do PL e ainda multa partido em R$ 22 milhões por argumentos mentirosos

Na noite desta quarta-feira (23/11), Moraes recusou o pedido do PL para cancelar a segunda eleição e assinou a sigla Aliança Progressista e República.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1688