Neymar dará presente a Bolsonaro caso receba o hexa na Copa do Mundo; saiba qual

Jogador já tinha demonstrado apoio ao presidente durante eleições
TAG Notícias

Jogador já tinha demonstrado apoio ao presidente durante eleições

Durante a campanha das eleições de 2022, o jogador Neymar prometeu festejar o primeiro gol na Copa do Mundo do Catar fazendo uma homenagem ao presidente Jair Bolsonaro (PL). O craque do Paris Saint-Germain demonstrou total apoio ao candidato à reeleição que foi derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Foto: Divulgação

O camisa 10 da Seleção Brasileira deve entregar ao presidente uma das camisas que vai usar durante os jogos no Catar, como forma de agradecimento.

A promessa inicial de Neymar era fazer o símbolo 22, número do partido de Jair Bolsonaro. Porém, pelo regulamento da Copa, o  jogador poderia ser punido pela manifestação política:  “A exibição de mensagem política, religiosa ou pessoa ou slogans de qualquer natureza ou linguagem ou forma por jogadores e oficiais (árbitros e técnicos) é proibido. A regra do futebol, em seu artigo 4º, também tem veto a mensagens políticas religiosas ou pessoais”, diz o código.

Veja mais: Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2022: veja a lista completa de Tite

 

Para o time ou jogador que desobedecer a regra, as punições previstas podem levar a processo disciplinar, multa ou suspensão.

Entretanto, em meio a várias polêmicas em torno das regras do Catar, a Fifa proibiu manifestações políticas durante os jogos. Mas o jogador Manuel Neuer, da Alemanha, entrou com uma chuteira no jogo com as cores do arco-íris, só que de forma bem discreta. A seleção alemã posou para a foto oficial tapando a boca, em referência às proibições das manifestações durante os jogos.

 

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1896