Bolsonaristas comemoram morte de Padre apoiador de Lula encontrado morto com garganta mutilada

Bolsonaristas comemoram morte de padre que apoiou Lula e foi encontrado morto com o pescoço cortado
TAG Notícias

Conversas vazadas de WhatsApp mostram a comemoração

Após a notícia da morte do Padre José Aparecida Brilha ser divulgada na noite desta segunda-feira, grupos bolsonaristas viralizaram a ocorrência e comemoram o óbito do sacerdote que foi encontrado com um corte profundo na garganta.

+ Tragédia: Padre que declarou voto em Lula é encontrado morto com garganta mutilada

Em um print vazado de infiltrados nos grupos, é possível ver a comemoração: “Se era vermelho, menos um”, fazendo clara referência a ser petista, já que o padre era eleitor de Lula.

O padre, foi encontrado morto no quintal da sua casa com um corte profundo na garganta e uma faca ao lado. A polícia trabalha na investigação com a possibilidade de suicídio.

+ Pastor Silas Malafaia surta em nome de Deus, pede anulação das urnas e ameaça: “O país vai pegar fogo”

Mas algumas pessoas desconfiam dessa possibilidade, pois dizem que o Padre andava com medo e vinha recebendo ameaças, desde que declarou apoio a Lula. Uma fonte, em conversa com o site DCM, revelou: “Somos 35 mil habitantes, e a cidade é praticamente 95% bolsonarista. Vivemos reclusos, não postamos nada, não podemos ir na avenida comemorar a vitória do presidente, eles ficaram em seus caminhões fazendo rondas armados pra intimidar qualquer comemoração. Ele foi achado no pátio da igreja, como se alguém tivesse chamado e ele foi atender. Acho que essa história de suicídio é pra mascarar um homicídio”.

Padre é encontrado morto, após apoio a Lula
Padre é encontrado morto, após apoio a Lula
Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1752