Logo
Virou notícia, virou Tag!

Roubo de luminárias deixa a Ponte Estaiada de São Paulo no escuro

Um total de 70 luminárias e 120 metros de cabos de cobre foram levados, deixando o cartão-postal da cidade no escuro

Facebook
Twitter
LinkedIn
Além ser um dos cartões-postais da cidade, a ponte também é usada pelo Poder Público para chamar atenção a causas importantes (foto: reprodução - Tag Notícias)
Além ser um dos cartões-postais da cidade, a ponte também é usada pelo Poder Público para chamar atenção a causas importantes (foto: reprodução - Tag Notícias)

Uma ação criminosa de roubo afetou a iluminação da icônica Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira, na zona sul de São Paulo, na última semana. Um total de 70 luminárias e 120 metros de cabos de cobre foram levados, deixando o cartão-postal da cidade no escuro.

O consórcio responsável pela iluminação da cidade, o Ilumina-SP, registrou um boletim de ocorrência na última quarta-feira (27/7) em relação ao incidente.

Leia também: Paciente com câncer em SP é primeiro a fazer autotransplante de pulmão

O caso foi categorizado como roubo e está sendo investigado pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

A SSP também divulgou que, na região da Ponte Estaiada, houve uma redução de 4,2% nos furtos em geral durante os primeiros seis meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

As ações conjuntas das forças de segurança têm demonstrado resultados, resultando na prisão de 33 infratores por práticas criminosas somente neste ano. Além disso, foram apreendidos um total de 16.819 quilos de fios utilizados em atividades ilícitas, de acordo com informações da pasta.

Além de ser uma atração turística da cidade, a Ponte Estaiada também é utilizada pelo Poder Público para promover causas importantes. Por exemplo, a Prefeitura iluminou a ponte em azul sempre que a temperatura chegava a 13 graus, em uma campanha para sensibilizar a população a acionar o serviço telefônico 156 e pedir acolhimento para moradores de rua.

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira
Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.