Logo
Virou notícia, virou Tag!

“Odeio preto”: Mulher é filmada com discurso racista dentro de McDonald’s após confusão

Confusão aconteceu em Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro

Facebook
Twitter
LinkedIn
Mulher que se identificou como Amanda Queiroz Ornela vai responder por racismo — Foto: Reprodução/TV Globo
Mulher que se identificou como Amanda Queiroz Ornela vai responder por racismo — Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está investigando um caso de racismo ocorrido em uma lanchonete do McDonald’s localizada em Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O incidente ocorreu durante a madrugada de segunda-feira, 31 de julho, e parte da discussão foi gravada por testemunhas.

Leia também: Marcha para Exu vai acontecer na Av. Paulista e quer afastar associação com Diabo

A vítima, identificada como Mattheus da Silva Francisco, de 22 anos, foi alvo de ofensas racistas proferidas por uma mulher que se identificou como Amanda Queiroz Ornela. A discussão teria iniciado após Amanda acusar Mattheus de furar a fila do caixa.

Os momentos exatos da primeira ofensa não foram registrados, mas durante a discussão, Mattheus e outros clientes presentes começaram a gravar o bate-boca. Na gravação, é possível ouvir Amanda chamando Mattheus de “preto”, ao que ele responde pedindo que ela repita a ofensa. Outros clientes também intervieram, acusando-a de racismo e registrando o momento.

Levada à delegacia

Amanda, supostamente médica, negou inicialmente as acusações na delegacia, mas depois optou por ficar em silêncio. No entanto, o Conselho Regional de Medicina (Cremerj) afirmou que não encontrou nenhum registro no sistema em nome dela, contradizendo sua alegação de ser médica.

Clientes da lanchonete impediram que Amanda fosse embora até a chegada da Polícia Militar. O caso foi registrado na 35ª DP (Campo Grande) por Mattheus, e a polícia informou que as imagens gravadas pelos clientes foram incluídas no procedimento investigatório. Além disso, os funcionários do estabelecimento serão ouvidos e as imagens das câmeras de segurança serão requisitadas para apoiar a investigação.

Daniel Vicente
Daniel Vicente
Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!