Logo
Virou notícia, virou Tag!

Mulher que foi arremessada de brinquedo em parque respira com ajuda de aparelhos

Professora ferida gravemente em acidente no Mirabilandia, em Olinda, luta por transferência para hospital privado.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Brinquedo arrebenta e mulher é arremessada
Brinquedo arrebenta e mulher é arremessada (Foto; Reprodução / Tag Notícias)

A professora Dávine Muniz Cordeiro, de 34 anos, encontra-se em estado grave, porém clinicamente estável, após ser arremessada de um brinquedo no parque de diversões Mirabilandia, localizado em Olinda, região metropolitana do Recife.

Atualmente, a vítima está internada no Hospital da Restauração (HR), no bairro Derby, centro da capital pernambucana, onde permanece em coma induzido e requer suporte respiratório.

Leia também: Campeão do BBB7, Diego Alemão é preso no Rio de Janeiro

A transferência da paciente para um hospital privado está sendo discutida com a administração do Mirabilandia. O tio de Dávine, Ricardo Lima, está em negociações com o parque para garantir que sua sobrinha seja transferida para uma instituição de saúde particular que conte com a presença constante de neurologistas.

Ele argumenta que ter profissionais de plantão 24 horas é fundamental, pois qualquer intercorrência com a paciente pode requerer uma resposta imediata, o que pode não ser possível em um hospital com apenas um neurocirurgião de sobreaviso.

O estado de saúde de Dávine demandou uma série de intervenções cirúrgicas, incluindo procedimentos no braço, tratamento com médico bucomaxilofacial, descompressão craniana e drenagem de coágulos. Além disso, no último domingo (24), a professora passou por uma cirurgia para a instalação de um dispositivo intracraniano (PIC), que monitora a temperatura e a pressão craniana.

Os ferimentos sofridos por Dávine foram extensos, incluindo fraturas nos braços, fratura facial, lesão no pulmão esquerdo, traumatismo craniano, hemorragia interna no cérebro, fratura exposta no antebraço esquerdo e contusão pulmonar.

A família da vítima e seus advogados aguardam ansiosamente uma atualização do boletim médico para determinar se a professora poderá ser transferida para uma unidade hospitalar particular.

Como resposta ao incidente, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-PE) e a Prefeitura de Olinda decidiram interditar o Mirabilandia no último sábado (23). As autoridades fiscalizadoras solicitaram um relatório detalhado sobre as condições de manutenção dos brinquedos presentes no parque.

O Mirabilandia tem um prazo de cinco dias para fornecer cópias da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), do Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e da licença de funcionamento do parque, conforme exigido pelas autoridades competentes.

Veja o vídeo:

Daniel Vicente
Daniel Vicente
Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!