Metrô de São Paulo começa a testar turbina eólica em túneis para gerar energia limpa

ENERGIA LIMPA

O Metrô de São Paulo está inovando em sua busca por soluções sustentáveis e eficientes. Recentemente, a empresa realizou um teste impressionante: uma turbina eólica foi instalada nos túneis para gerar energia limpa. Essa iniciativa pioneira foi desenvolvida em parceria com a startup Vento VAWT, incubada no renomado Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Leia também: Kwai, após investi R$ 7 bilhões no Brasil, prepara novos planos para o país

Por que isso é importante?

O objetivo principal do teste, conduzido por 9 dias consecutivos entre as estações Brigadeiro e Paraíso da Linha 2-Verde, foi avaliar a eficácia do protótipo da turbina. A ideia por trás do projeto é genial: aproveitar o vento gerado pelo movimento dos trens para gerar eletricidade. Os resultados são animadores: uma turbina é capaz de gerar até 800 quilowatts por dia em 20 horas de operação diária, o suficiente para iluminar túneis ou uma estação de médio porte.

Como funciona?

O segredo está no design inovador da turbina, que contorna o efeito do arrasto aerodinâmico comum em equipamentos desse tipo. Enquanto as turbinas verticais convencionais sofrem com a perda de eficiência devido ao vento que vem de todos os lados, a turbina desenvolvida pela Vento VAWT apresentou uma eficiência três vezes maior. Eduardo Bueno, o inventor por trás dessa tecnologia revolucionária, destaca que ela não apenas é mais eficiente, mas também mais barata.

Vantagens Além da Eficiência

Além de sua alta eficiência energética, a turbina traz outras vantagens significativas. Com apenas 1,40 metros de altura e a necessidade de apenas 1 metro quadrado de espaço para instalação, ela é muito mais compacta do que as turbinas convencionais. Isso significa que pode ser instalada em praticamente qualquer lugar, sem a necessidade de grandes estruturas ou espaços abertos.

Outra vantagem notável é sua baixa emissão de ruído, custos reduzidos de transporte e a proteção à fauna. Cely Ades, sócia da Vento VAWT, destaca que essa inovação pode revolucionar o mercado de energia eólica, oferecendo uma alternativa mais eficiente e ambientalmente amigável.

O Futuro Sustentável do Metrô de SP

Essa não é a única iniciativa sustentável em andamento no Metrô de São Paulo. A empresa também está avançando com uma licitação para a autoprodução de energia elétrica, buscando fontes incentivadas e renováveis. A meta é atingir até 40% de sua energia total utilizada, trazendo não apenas economia, mas também uma redução significativa nas emissões de carbono.

Junte-se a Nós!

Quer ficar por dentro de todas as novidades e iniciativas sustentáveis do Metrô de São Paulo? Siga a gente no Google News e faça parte dessa jornada rumo a um futuro mais limpo e sustentável.

Siga a gente no Google News

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1631

Deixe um comentário