Lula sobrevoa cidade do Maranhão destruída pelas chuvas e critica descaso de Bolsonaro pelo estado

TAG Notícias

A visita do presidente as vítimas aconteceu na manhã desta domingo

Neste domingo (9), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acompanhou o governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), em uma visita às áreas atingidas pelas fortes chuvas no estado.

+ Ministério Público apresenta denúncia grave contra Nikolas Ferreira por transfobia

Durante a visita, Lula sobrevoou municípios afetados pelas enchentes na região de Trizidela do Vale, que fica a cerca de 280 quilômetros da capital, São Luís. Em seguida, ele e o governador estiveram em um abrigo no município de Bacabal para conversar com desabrigados e desalojados.

De acordo com o Corpo de Bombeiros do Maranhão, as chuvas já causaram seis mortes no estado e afetaram mais de 35 mil famílias, das quais quase oito mil estão desabrigadas e desalojadas. Até o momento, o governo federal não anunciou medidas de apoio ao estado, que tem 64 municípios em situação de emergência.

O que você precisa saber:

  • Buriticupu: O município, que fica a cerca de 400 quilômetros de São Luís, decretou estado de calamidade pública devido ao aumento das voçorocas, enormes buracos que se formam no solo e que se desenvolvem na região há mais de 30 anos. O problema se agravou nos últimos dias por causa do volume de água.
  • Alto Alegre do Pindaré: A cerca de 300 quilômetros de São Luís, o município está isolado por rodovia. No entanto, após um acordo com o governo do estado, a mineradora Vale disponibilizou um trem para transporte de carga e passageiros até Santa Inês, que fica a cerca de 60 quilômetros de distância.

A Defesa Civil do estado segue monitorando os prejuízos e danos causados pela chuva à população maranhense.

Em conversa com a imprensa, Lula criticou o governo passado pelo descaso com o estado:
“Nós acabamos de ter um governo que, ao invés de vir aqui ajudar o Flávio Dino, ele brigava todo santo dia pela imprensa com o Flávio Dino e não trouxe absolutamente nada para o estado do Maranhão. Nada, a não ser ofensa pessoal ao governador e, ofendendo o governador, estava ofendendo o povo do Maranhão”, afirmou Lula em declaração à imprensa.
Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1688