Logo
Virou notícia, virou Tag!

Homem que escalava prédios pelo mundo morre após cair de 68º andar em Hong Kong

Imprensa local garante que o jovem que exibia suas aventuras nas redes sociais acabou morrendo com queda

Facebook
Twitter
LinkedIn
O francês Remi Lucidi costuma subir no topo de prédios e tirar selfies de lá. Segundo a imprensa de Hong Kong, ele morreu ao cair de um edifício na ilha, em julho de 2023. — Foto: Reprodução/ Redes sociais
O francês Remi Lucidi costuma subir no topo de prédios e tirar selfies de lá. Segundo a imprensa de Hong Kong, ele morreu ao cair de um edifício na ilha, em julho de 2023. — Foto: Reprodução/ Redes sociais

Uma trágica notícia abala a comunidade aventureira: um escalador francês mundialmente conhecido como ‘Remi Enigma‘ perdeu a vida em um acidente terrível em Hong Kong. O incidente ocorreu quando ele supostamente caiu de um prédio residencial na cidade.

Leia também: Família decide desligar aparelhos que mantinham menino vivo após se engasgar com salsicha

A identidade do escalador não foi oficialmente divulgada pelas autoridades, mas a imprensa local aponta que se trata de Remi Lucidi, de 30 anos, famoso nas redes sociais por suas arriscadas escaladas em arranha-céus e monumentos ao redor do globo.

Remi Lucidi postava fotos com a etiqueta "liberdad
Remi Lucidi postava fotos com a etiqueta “liberdade”.

A polícia local relatou que o corpo de um homem de 30 anos, aparentemente praticante de esportes radicais, foi encontrado no pátio de uma área nobre da cidade. As investigações preliminares indicam que ele teria caído do telhado do edifício. Não foram encontradas quaisquer notas de suicídio no local, e a causa da morte será determinada através de uma autópsia.

Embora a polícia não tenha oficialmente confirmado a identidade do escalador, a mídia local, incluindo o jornal “South China Morning Post”, noticiou que ele seria Remi Lucidi, popularmente conhecido como Remi Enigma. O Post citou uma fonte não identificada que afirmou ter visto o escalador pela última vez batendo na janela de uma cobertura no 68º andar de uma torre residencial na noite de quinta-feira (28).

Quem era Remi Enigma?

Com seu nome de usuário “Remi Enigma” nas redes sociais, o escalador era ativo no Instagram, onde postava fotos de suas ousadas escaladas em estruturas altas ao redor do mundo, inclusive legendando uma selfie tirada acima das nuvens a 425 metros de altura e marcando Dubai como localização.

A notícia da tragédia provocou grande comoção entre os apoiadores do escalador, que lamentaram profundamente sua suposta morte nas redes sociais. Enquanto as investigações prosseguem para esclarecer as circunstâncias do ocorrido, a comunidade aventureira presta suas homenagens ao ousado e corajoso ‘Remi Enigma’, cujas conquistas impressionantes deixarão uma marca eterna no mundo da escalada e da exploração.

Daniel Vicente
Daniel Vicente
Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!