Logo
Virou notícia, virou Tag!
Triste

Família decide desligar aparelhos que mantinham menino vivo após se engasgar com salsicha

"Menino de 7 anos engasgou com salsicha em escola na Austrália e enfrenta decisão difícil da família

Facebook
Twitter
LinkedIn
Depois de oito dias ligado a aparelhos para sobreviver, Decklan terá as máquinas desligadas no dia 1 de agosto
Depois de oito dias ligado a aparelhos para sobreviver, Decklan terá as máquinas desligadas no dia 1 de agosto

Em 19 de julho, Decklan Hayward, de apenas 7 anos, foi para a escola Glenroi Heights, em Nova Gales do Sul, Austrália, como de costume. No entanto, durante o recreio, o garoto se engasgou com um pedaço de salsicha, levando-o a ficar sem oxigênio no cérebro por 20 minutos e sofrer uma parada cardíaca.

Desde então, ele tem estado ligado a aparelhos médicos para sobreviver. Após os médicos concluírem que não há mais esperança de recuperação, a família tomou a difícil decisão de desligar o suporte à vida no dia 1º de agosto.

Leia também: “Odeio preto”: Mulher é filmada com discurso racista dentro de McDonald’s após confusão

Assim que o incidente aconteceu, paramédicos e funcionários da escola agiram rapidamente para tentar socorrer Decklan e evitar o pior. Infelizmente, a salsicha ficou presa em suas vias respiratórias, causando extensos danos cerebrais, conforme diagnosticado quando ele foi levado de avião para o Hospital Infantil de Westmead, em Sydney.

Depois de oito dias ligado a aparelhos para sobreviver, Decklan terá as máquinas desligadas no dia 1 de agosto
Depois de oito dias ligado a aparelhos para sobreviver, Decklan terá as máquinas desligadas no dia 1 de agosto

Desde então, o garotinho tem sido mantido com o auxílio de aparelhos médicos para se manter vivo. No entanto, na última sexta-feira (28), a família de Decklan teve que tomar a dolorosa decisão de desligar os equipamentos, que será efetuada em 1º de agosto.

APOIO DA POPULAÇÃO

Para apoiar os pais, Katie Hayward e Robbie, a tia de Decklan, Kaylah Hayward, criou uma página no GoFundMe para arrecadar fundos no valor de $20.000 (equivalente a aproximadamente R$ 95 mil na cotação atual) para ajudar o casal.

“Infelizmente, após oito dias com o suporte de vida, minha irmã Katie e Robbie tiveram que tomar uma decisão que nenhum pai deveria enfrentar, que é permitir que nosso menino abra suas asas e vá com os anjos, na próxima semana”, escreveu Kaylah na descrição da página no GoFundMe. Até o momento, a família recebeu doações totalizando $18.774 (equivalente a aproximadamente R$ 89 mil na cotação atual).

Em uma postagem no Facebook, em 28 de julho, a diretora da escola Glenroi Heights, Tegan Davis, enviou uma mensagem de conforto aos pais Katie e Robbie. “Nossos pensamentos estão com a família de Decklan neste momento. Agradecemos à nossa comunidade escolar por seu contínuo cuidado e apoio a Decklan e sua família”, escreveu Tegan.”

Daniel Vicente
Daniel Vicente
Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!