Famílias atingidas no RS receberão auxílio de R$ 2 mil via PIX: Confira quem tem direito

auxílio

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), divulgou nesta segunda-feira (13) os critérios para o recebimento do PIX SOS Rio Grande do Sul, destinado às famílias afetadas por desastres naturais, visando iniciar o processo de reconstrução de suas residências.

O Comitê Gestor do PIX estabeleceu que cada família afetada receberá R$ 2 mil como auxílio.

Leia também: VÍDEO: Padre Alessandro Campos mobiliza doações na Avenida Paulista para vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

Serão beneficiadas as famílias que:

  • Estiverem desabrigadas ou desalojadas devido a eventos climáticos, residentes em municípios com situação de calamidade reconhecida pela Defesa Civil;
  • Estiverem inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) ou no Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF);
  • Não tenham sido contempladas pelo programa Volta por Cima;
  • Possuírem renda familiar de até três salários mínimos.

Segundo o governador, mais de R$ 93 milhões foram arrecadados por meio do PIX do estado, com contribuições da sociedade civil de todo o Brasil. Aproximadamente 45 mil famílias serão beneficiadas por esse auxílio.

Evidentemente, R$ 2 mil não resolvem todos os problemas, mas é uma ajuda significativa para muitas pessoas que perderam tudo neste momento, permitindo-lhes recomeçar com confiança”, comentou Leite.

O responsável familiar beneficiado receberá um cartão do SOS Rio Grande do Sul, emitido pela Caixa Econômica Federal, com o valor do benefício já creditado.

Esse cartão poderá ser utilizado para saques em agências da Caixa ou em pontos de atendimento, além de funcionar como cartão de débito em toda a rede credenciada pela VISA ou ELO.

O sul do país encontra-se em alerta máximo para inundações severas no Vale do Taquari, e o lago Guaíba pode atingir 5,5 metros nas próximas 48 horas, ultrapassando o pico de 5,3 metros registrado em 5 de maio.

Até o momento, o estado registrou duas mortes confirmadas nesta segunda-feira (13), totalizando 147 vítimas dos temporais e cheias que atingem a região desde o final de abril. Além disso, há 127 desaparecidos e 806 feridos, segundo boletim da Defesa Civil.

Na semana passada, Leite esclareceu que as doações feitas via PIX para as vítimas das enchentes não são direcionadas ao governo, mas sim para uma entidade privada, a Associação dos Bancos do Rio Grande do Sul, garantindo que os recursos serão utilizados para ajudar diretamente as pessoas afetadas pela tragédia.

Para mais atualizações sobre assistência às vítimas e notícias regionais, siga a gente no Google News

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 1023

Deixe um comentário