Estudo encontra substâncias cancerígenas em Band-Aid e alerta para prejuízo em contato com feridas

TAG Notícias

Uma descoberta alarmante recente feita pelos grupos de vigilância da saúde ambiental e do consumidor, Mamavation e Environmental Health News, está lançando luz sobre um problema sério que pode estar presente em muitos lares ao redor do mundo. A pesquisa revelou que muitos curativos populares, incluindo marcas conhecidas como Band-Aid e Curad, estão contaminados com altas quantidades de substâncias tóxicas conhecidas como “químicos eternos” ou PFAS.

Isso significa que milhões de pessoas que usam curativos diariamente podem estar expondo suas feridas a perigos invisíveis.

Leia também: Alexandre e Só Pra Contrariar juntos novamente dão início a turnê “Último Encontro”

O Perigo Oculto dos Curativos: PFAS em Nossas Feridas

Estudos mostraram que essas substâncias podem penetrar na corrente sanguínea através de feridas abertas, potencialmente causando uma variedade de problemas de saúde. Dos 40 curativos de 18 marcas diferentes analisados, 26 apresentaram níveis detectáveis de flúor orgânico, indicativo da presença nociva de PFAS, com níveis superiores a 10 partes por milhão (ppm).

De forma preocupante, 65% dos curativos testados apresentaram indícios de PFAS. Ainda mais intrigante é o fato de que 63% dos curativos destinados a pessoas de cor, especificamente para tons de pele negros e pardos, também mostraram indícios desses químicos. Com níveis de flúor orgânico variando entre 11 ppm e 328 ppm, a presença dessas substâncias tóxicas em produtos tão amplamente utilizados é alarmante.

Um Chamado à Ação: Proteja sua Saúde e sua Família

A Dra. Linda S. Birnbaum, coautora do estudo e ex-diretora do Instituto Nacional de Ciências da Saúde Ambiental e do Programa Nacional de Toxicologia, enfatizou a preocupação de que os curativos contaminados com PFAS possam expor tanto crianças quanto adultos a esses produtos químicos prejudiciais. Ela destaca a importância de eliminar os PFAS dos curativos, optando por materiais livres dessas substâncias nocivas.

Com os PFAS associados a uma série de preocupações de saúde, incluindo problemas de crescimento, reprodução, obesidade e vários tipos de câncer, é crucial que as empresas tomem medidas imediatas para proteger seus consumidores. E você pode se proteger também, tomando medidas simples, como evitar curativos que contenham esses produtos químicos tóxicos.

Marcas de Curativos de Alto Risco: Fique Atento

As marcas de curativos consideradas de alto risco pelo estudo, por conterem níveis de flúor superiores a 100 partes por milhão, incluem Band-Aid, CVS Health, Equate, Rite Aid, Solimo da Amazon, Target e Curad.

A descoberta desses níveis alarmantes de PFAS em curativos populares é um lembrete importante sobre a necessidade de maior transparência e regulamentação na indústria de produtos de saúde. Proteja-se e proteja sua família, escolhendo produtos mais seguros e mantendo-se informado sobre os últimos desenvolvimentos. S

iga-nos no Google News para se manter atualizado com notícias importantes como essa.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1647

Deixe um comentário