ConecteSUS é fraudado e golpista inclui falsa dose de vacina no aplicativo por R$ 300,00

TAG Notícias

Em 7 minutos, hacker golpista provou que o sistema do governo é falho

O sistema que abastece o aplicativo do ConecteSus, do Ministério da Saúde, autorizou que um hacker golpista incluísse, em questão de minutos, dados falsos de vacine contra a Covid.

+ Datena fecha com partido PDT para concorrer a prefeito de São Paulo em 2024

A informações foi divulgada pelo portal Metrópoles, que conversou com uma pessoa por meio do Telegram que, mediante a um pagamento de R$ 300, prometia adicionar aos dados da pasta falsos comprovantes de aplicação de doses do imunizante

O site conseguiu constatar que o golpista de fato consegue fazer a inclusão no sistema de imunização através de algum meio desconhecido. A polícia foi informada sobre o caso.

O ConectSUS hoje é gratuito e busca facilitar e centralizar dados de brasileiros no sistema único de saúde. A ferramenta exibe histórico hospitalares, consultas médicas, compras de remédios, resultados de exames e certificados de vacinação, para por exemplo, consegui entrar em outro país.

Segundo o jornalista Guilherme Amado, do Metrópoles, o golpista do Telegram se identifica como “Araújo”, e soube do perfil através de uma fonte anônima do serviço público. Logo nas primeiras mensagens o serviço foi detalhado pelo golpista de como funcionava.

“Você escolhe a quantidade de doses e lanço com data retroativa. O pagamento só é feito após você conferir no seu ConecteSUS as doses e o certificado de vacinação”, escreveu o golpista.

 

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1688