Casal Cariani guardava R$ 1,2 milhão em dinheiro vivo em casa

TAG Notícias

Uma investigação da Polícia Federal revelou detalhes surpreendentes envolvendo o influencer fitness e empresário Renato Cariani e sua esposa, Tatiane. Segundo apuração, o casal declarou armazenar cerca de R$1,2 milhão em espécie no ano de 2022, período em que a empresa química de Cariani, a Anidrol, era alvo de investigação por suposto desvio de insumos para produção de substâncias ilícitas.

O montante, oficialmente declarado à Receita Federal, chamou a atenção das autoridades, especialmente devido ao crescimento significativo em relação aos anos anteriores. Além disso, suspeitas de sonegação fiscal e envolvimento em crimes de tráfico de drogas também surgiram durante a investigação.

Leia também: Bambam e Alemão brigam na Band e quebram equipamentos da emissora

Segundo relatos do inquérito da Polícia Federal, o empresário teria adquirido uma mansão em Campos do Jordão, SP, sem declará-la em seus impostos. Mensagens de WhatsApp também foram incluídas nas evidências, sugerindo conexões com indivíduos envolvidos em atividades criminosas.

O influencer, no entanto, tem negado publicamente qualquer envolvimento nos crimes. Apesar das acusações, ele continua suas postagens sobre saúde e bem-estar em suas redes sociais, mantendo-se em silêncio sobre as investigações em curso.

Siga a gente no Google News e acompanhe as notícias em tempo real!

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1747

Deixe um comentário