Acordo Petz/Cobasi deve criar a maior rede de ‘pet’ do país

fusão

As gigantes do mercado de produtos e serviços para animais de estimação, Petz e Cobasi, surpreenderam o mercado ao anunciarem um memorando de entendimento não vinculante para a criação da maior companhia do setor no Brasil. O anúncio causou um verdadeiro alvoroço nos mercados, com as ações da Petz disparando quase 40% em meio à empolgação dos investidores com o potencial da união das empresas.

Alto Potencial de Sinergia

Leia também: Bob’s é condenado pela justiça e obrigado a pagar mega indenização a funcionário que sofreu acidente e ficou paraplégico

Analistas do JPMorgan, liderados por Joseph Giordano, destacaram o alto potencial de sinergia dessa fusão, mesmo diante dos desafios comuns em operações desse porte. A expectativa é que a companhia combinada alcance uma participação de mercado entre 15% e 20%, solidificando ainda mais sua posição de liderança.

Expansão e Receita Bilionária

Com uma receita estimada em mais de R$ 7,5 bilhões para este ano, o novo grupo formado pela fusão das duas empresas promete ser uma força dominante no mercado. Sergio Zimerman, presidente-executivo da Petz, ressaltou a importância estratégica da união durante uma conferência com analistas e investidores.

Operação Detalhada

A nova empresa, resultado da fusão, contará com 483 lojas em aproximadamente 20 Estados brasileiros, consolidando uma presença nacional abrangente. Segundo os termos do memorando de entendimento, a divisão será igualitária entre os acionistas da Petz e da Cobasi, com investidores da Petz recebendo 450 milhões de reais após a conclusão da operação.

Liderança e Governança

Receba nossas notícias em tempo real no whatsapp

O acordo prevê uma estrutura de governança robusta, seguindo as regras do segmento de alta governança da B3, Novo Mercado. Zimerman assumirá a presidência do conselho de administração da nova empresa, enquanto Paulo Nassar será o presidente-executivo. O conselho contará com nove membros, sendo quatro indicados por Zimerman e o restante por Nassar e pelo fundo Kinea.

Perspectivas Futuras

Questionado sobre o futuro das marcas, Zimerman enfatizou que as empresas manterão suas identidades atuais, seguindo um modelo semelhante ao da fusão das redes de farmácias Raia e Drogasil em 2018, que resultou no grupo RD Saúde.

Siga a gente no Google News para mais atualizações sobre este e outros assuntos importantes.

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1924

Deixe um comentário