Logo
Virou notícia, virou Tag!

99 dias de incêndio: Fatos que marcaram o dia 11 de setembro

Os atentados de 11 de setembro contra as Torres Gêmeas e o Pentágono, nos Estados Unidos, completam 22 anos nesta segunda-feira

Facebook
Twitter
LinkedIn
Os atentados de 11 de setembro completam 22 anos nesta segunda-feira (Foto: Reprodução)
Os atentados de 11 de setembro completam 22 anos nesta segunda-feira (Foto: Reprodução)

Em 11 de setembro de 2001, uma série de ataques suicidas coordenados pela organização fundamentalista islâmica Al-Qaeda ocorreu nos Estados Unidos.

Na manhã desse trágico dia, dezenove terroristas sequestraram quatro aviões comerciais de passageiros. Esses sequestradores deliberadamente colidiram dois dos aviões nas Torres Gêmeas do complexo empresarial do World Trade Center, localizado na cidade de Nova Iorque.

Esses ataques resultaram na perda de todas as vidas a bordo dos aviões e de muitas pessoas que trabalhavam nos edifícios. Ambos os prédios desabaram duas horas após os impactos, causando destruição em edifícios vizinhos e danos significativos.

O terceiro avião de passageiros colidiu contra o Pentágono, a sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, localizado no Condado de Arlington, Virgínia, nos arredores de Washington, D.C.

Leia também: Terremoto de magnitude 6.8 mata mais de 1000 pessoas e deixa 1200 feridos no Marrocos

O quarto avião caiu em um campo aberto próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois que alguns de seus passageiros e tripulantes tentaram retomar o controle da aeronave dos sequestradores, que a estavam direcionando em direção à capital dos Estados Unidos.

Esses ataques resultaram na trágica perda de quase três mil vidas, incluindo os 227 civis e os 19 sequestradores que estavam a bordo dos aviões.

Esse evento, conhecido como os Ataques de 11 de Setembro, teve um impacto profundo e duradouro nos Estados Unidos e em todo o mundo, levando a uma série de medidas de segurança e mudanças significativas na política internacional.

Ataques ao World Trade Center chocaram o mundo (Foto: Reprodução)
Ataques ao World Trade Center chocaram o mundo (Foto: Reprodução)

Outros fatos curiosos sobre o atentado de 11 de setembro

Os ataques de 11 de setembro de 2001 geraram ondas sísmicas que podem ser comparadas a pequenos terremotos, com magnitudes de 0,9 e 0,7 na escala Richter.

Por outro lado, os colapsos das Torres Gêmeas provocaram ondas sísmicas equivalentes a um terremoto de magnitude 2,1 e 2,3.

Além dos trágicos eventos nas Torres Gêmeas, um outro edifício conhecido como “Building 7”, localizado próximo aos edifícios atingidos, também desabou no mesmo dia.

Este edifício não foi atingido por aviões, mas apresentou falhas estruturais após o colapso das torres.

Apesar da devastação, vinte pessoas foram resgatadas com vida dos escombros do World Trade Center. Entre esses sobreviventes estavam John McLoughlin e William Jimeno, dois policiais que foram resgatados após ficarem soterrados por cerca de 13 e 21 horas, respectivamente.

Suas histórias inspiradoras foram retratadas no filme “World Trade Center” lançado em 2006.

Os ataques resultaram na trágica morte de 2.977 pessoas. Pessoas de 93 países diferentes perderam suas vidas nesse terrível atentado, como documentado no memorial do 11 de setembro.

Memorial & Museu Nacional do 11 de setembro, em Nova York, nos EUA (Foto: Reprodução)
Memorial & Museu Nacional do 11 de setembro, em Nova York, nos EUA (Foto: Reprodução)

 

Homenagem às vítimas com os nomes gravados em bronze (Foto: Reprodução)
Homenagem às vítimas com os nomes gravados em bronze (Foto: Reprodução)

A extinção completa dos incêndios que ocorreram no Marco Zero, onde as Torres Gêmeas estavam localizadas, levou 99 dias para ser realizada. Os incêndios tiveram início às 8h46 do dia 11 de setembro, quando o primeiro avião atingiu a Torre Norte, e só foram completamente apagados em 19 de dezembro.

Um dado interessante é que mais de 70 mil toneladas de aço provenientes dos escombros das Torres do World Trade Center foram adquiridas por uma empresa norte-americana, evidenciando a necessidade de gerenciar os resíduos resultantes dessa tragédia.

Como uma resposta aos ataques, o governo dos Estados Unidos criou o Departamento de Segurança Interna, que tem a responsabilidade de prevenir ataques terroristas, garantir a segurança das fronteiras, supervisionar questões de imigração e alfândega, além de auxiliar na prevenção de desastres.

Esse departamento foi estabelecido para lidar com uma ampla gama de questões de segurança interna e proteção do país.

Débora Carvalho
Débora Carvalho
Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!