Logo
Virou notícia, virou Tag!

YouTube lança incubadora para explorar IA tendo Universal Music como parceira

Entre os músicos envolvidos nesse projeto estão nomes tão notáveis como Anitta, Björn Ulvaeus do icônico grupo ABBA e o renomado compositor Max Richter

Facebook
Twitter
LinkedIn
YouTube revelou seus planos de lançar uma incubadora, visando colaborar com artistas e músicos (foto: reprodução - Tag Notícias)
YouTube revelou seus planos de lançar uma incubadora, visando colaborar com artistas e músicos (foto: reprodução - Tag Notícias)

Na segunda-feira, o YouTube revelou seus planos de lançar uma incubadora, visando colaborar com artistas e músicos, a fim de explorar o vasto potencial da inteligência artificial na indústria musical.

Com a participação da Universal Music como seu parceiro inaugural, a plataforma de vídeos da Alphabet estabelece um novo marco na sua jornada tecnológica. Entre os músicos envolvidos nesse projeto estão nomes tão notáveis como Anitta, Björn Ulvaeus do icônico grupo ABBA e o renomado compositor Max Richter.

Leia também: Inteligência Artificial passa a criar Inteligência Artificial para reduzir custos e acelerar entregas

O presidente-executivo do YouTube, Neal Mohan, expressou entusiasmo quanto à visão da incubadora. Ele afirmou: “A incubadora irá orientar a abordagem do YouTube à medida que colaboramos com alguns dos artistas, compositores e produtores mais inovadores da indústria musical”.

O grupo de colaboradores dedicados não só contribuirá com sua experiência, mas também reunirá valiosas percepções sobre os experimentos e as pesquisas em andamento relacionadas à inteligência artificial generativa na plataforma. Neal Mohan destacou que essa parceria está apenas começando e que o YouTube planeja envolver mais talentos excepcionais da indústria musical.

A inteligência artificial generativa, um dos campos mais intrigantes da tecnologia, é capaz de produzir uma ampla gama de conteúdos, como texto, imagens e até sons.

À medida que a tecnologia evolui, seu impacto torna-se cada vez mais evidente em diversos setores. Mesmo assim, legisladores de todo o mundo estão trabalhando para criar regras que orientem seu uso adequado, evitando questões como violações de direitos autorais e spam.

Além do compromisso com a inteligência artificial, o YouTube também está investindo no aprimoramento de sua ferramenta de gerenciamento de direitos autorais, o Content ID. Essa evolução visa oferecer maior proteção aos criadores e espectadores, reforçando o compromisso da plataforma com a experiência positiva de todos os envolvidos.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira
Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.