Vídeo de ciclofaixa no meio de estrada no Piauí viraliza nas redes sociais: ‘na lateral já não é respeitada’

TAG Notícias

Um vídeo que se tornou viral nas redes sociais está gerando polêmica sobre a localização de uma ciclofaixa em uma rodovia no Piauí, posicionada entre duas pistas de automóveis. Internautas levantam preocupações sobre o risco para ciclistas e pedestres. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) esclareceu que a rodovia está passando por obras e que a ciclofaixa será realocada para a lateral.

A construção da ciclofaixa faz parte de um projeto de 2013, que custou mais de R$ 6 milhões, abrangendo uma extensão de mais de 10 km. Essa rota desvia da PI-140, cruzando a PI-141, para permitir que os motoristas evitem a passagem pelo centro da cidade de Canto do Buriti.

A pista possui quatro faixas de rolamento, sendo duas em cada sentido. No exato centro das quatro faixas, separando a estrada, encontra-se a ciclofaixa, delimitada por faixas amarelas contínuas. O vídeo viral questiona o risco dessa localização.

Leia também: Bug no sistema causa estorno indevido de compras no Nubank

“Está a ciclovia no meio da rodovia aqui”, declara o autor do vídeo, não identificado, que já recebeu mais de 100 mil visualizações no Twitter. “Vou começar com uma pergunta básica: é permitido pelo código de trânsito brasileiro?”, questiona outro internauta.

Necessidade de barreiras de proteção

Segundo o engenheiro e professor Kidner Próspero, a legislação de trânsito não proíbe esse tipo de ciclovia, mas é essencial que sejam instaladas “defensas”, ou seja, barreiras que impeçam que veículos automotores atinjam os ciclistas caso o motorista perca o controle.

“O bom senso nos diz que isso coloca o ciclista em perigo. As melhores práticas não recomendam esse tipo de ciclovia. Portanto, o ideal seria construir uma ciclofaixa na lateral da pista ou, caso seja mantida no centro, seriam necessárias as defensas”, explicou.

O trecho da rodovia está em processo de reforma e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que uma das alterações será a realocação da ciclofaixa para a lateral da estrada. O custo dessa adaptação é de R$ 5 milhões e, além de melhorias no asfalto, o projeto inclui a construção de uma nova alça de acesso, de acordo com o diretor-geral do DER, Leonardo Sobral.

“A ciclofaixa será movida para a lateral, estendendo-se para a margem esquerda da rodovia para garantir a segurança da população. Será uma adaptação do projeto. Em qualquer obra, desde pequenas reformas residenciais até grandes projetos como a construção de um rodoanel, é comum haver ajustes no projeto. A segunda alça, que está em construção, será implantada do zero, além da reforma pontual de conservação que sempre deve ser realizada em nossas rodovias”, afirmou o DER em nota.

Veja a nota na íntegra:

Sobre a obra do contorno rodoviário da cidade de Canto do Buriti, no Sul do Estado, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PI) informa que essa intervenção está em andamento e contempla uma extensão de 4.2 km. Os serviços de implantação e pavimentação no contorno do município receberá serviços de microrrevestimento ligando o trecho que compreende o entroncamento da PI-141 ao entroncamento da PI-140. Como o trecho está em obra, a adequação na localização da ciclofaixa será a etapa seguinte com o deslocamento para a lateral. O órgão reitera que a intervenção é positiva para a mobilidade urbana e contribui de forma significativa para a fluidez do trânsito, já que toda a região é rota do tráfego de veículos de carga.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2016