Torcedor do Fluminense morto a tiros por policial era cinegrafista

TAG Notícias

Thiago Leonel Fernandes da Motta foi assassinado a tiros pelo inspetor de Polícia Penal Marcelo de Lima

Durante o clássico Fla-Flu, disputado neste sábado,1° de abril, no estádio do Maracanã, dois torcedores foram baleados em um bar próximo ao local. Infelizmente, um dos jovens, identificado como Thiago Leonel Fernandes da Motta, não resistiu aos ferimentos e faleceu. O outro, Bruno Tonini Moura, foi socorrido, mas ainda não há informações sobre o seu estado de saúde.

Segundo testemunhas, o autor dos disparos foi Marcelo, que teria atirado, pelo menos, nove vezes próximo a uma multidão de torcedores. O motivo seria uma discussão por conta de uma pizza brotinho.

Thiago, que se descrevia como “sommelier de botequim” em suas redes sociais, era um jovem apaixonado pela profissão e já havia participado de produções para a Globoplay e outras plataformas de streaming.

Além de um excelente profissional, Thiago também era um dos formadores do Samba Pra Roda, que aconteceria na tarde deste domingo. O grupo lembrou que ele era morador do Morro do Pinto e que foi em seu aniversário de 2017 que juntou os amigos em uma roda de samba no Bar do Omar, famoso na região. A partir daí, surgiram os encontros de domingo.

+ Perito que analisou queda de helicóptero com filho de Alckmin é condenado por falsa perícia

“Hoje o dia ficou mais triste… Ainda mais porque Thiago, que sempre foi um grande entusiasta da arte e da boêmia, teve sua vida interrompida abruptamente após uma partida de futebol. Infelizmente, não é todo mundo que sai de casa com o coração leve e respeitando o espaço do outro”, publicou o perfil oficial do evento.

O Samba Pra Roda tem uma atuação social intensa e apoia o projeto B.A.S.E. (Buscando Ajuda para Sonhos Executáveis), uma iniciativa sem fins lucrativos que tem o objetivo de fomentar cultura e desenvolvimento social a crianças e suas famílias. A morte de Thiago é uma perda irreparável para seus amigos, familiares e para a comunidade em que vivia.

Resumo da notícia

  • Durante o clássico Fla-Flu no sábado, 1° de abril, dois torcedores foram baleados em um bar próximo ao estádio do Maracanã.
  • Thiago Leonel Fernandes da Motta, um dos jovens baleados, não resistiu aos ferimentos e faleceu.
  • O outro torcedor, Bruno Tonini Moura, foi socorrido, mas não há informações sobre seu estado de saúde.
  • Testemunhas afirmaram que Marcelo, autor dos disparos, teria atirado pelo menos nove vezes próximo a uma multidão de torcedores por conta de uma discussão por uma pizza brotinho.
  • O atirador, Marcelo de Lima é inspetor de Polícia Penal
  • Thiago que também era cinegrafista, se descrevia como “sommelier de botequim” e já havia participado de produções para a Globoplay e outras plataformas de streaming.
  • Ele também era um dos formadores do Samba Pra Roda.
Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 977