Logo
Virou notícia, virou Tag!

Teve pacote ou passagem suspensos pela 123milhas? Veja o que fazer

Agência de viagens cancelou emissão de passagens promocionais de setembro a dezembro

Facebook
Twitter
LinkedIn
A agência de viagens 123milhas anunciou nesta sexta-feira, 18, em seu site, que irá suspender temporariamente os pacotes com datas flexíveis e a emissão de passagens promocionais (foto: reprodução - Tag Notícias)
A agência de viagens 123milhas anunciou nesta sexta-feira, 18, em seu site, que irá suspender temporariamente os pacotes com datas flexíveis e a emissão de passagens promocionais (foto: reprodução - Tag Notícias)

A agência de viagens 123milhas divulgou nesta sexta-feira, dia 18, através de seu site, que tomará a medida de suspender temporariamente os pacotes de viagem com datas flexíveis e a emissão de passagens promocionais. A empresa afirmou que, mesmo diante dessa decisão, reembolsará integralmente os valores pagos pelos clientes que adquiriram passagens, hospedagens e pacotes de viagem. Essa ação tem como intuito minimizar as repercussões causadas por circunstâncias adversas no mercado.

A agência informou que os reembolsos serão efetuados por meio de “vouchers acrescidos de correção monetária de 150% do CDI, acima da inflação e dos juros de mercado”.

Leia também: Uber confirma viagens em grupo e promete economia média de 30%

A companhia se expressou com a seguinte declaração: “Nós entendemos que essa mudança é inesperada e lamentamos o inconveniente que isso possa causar. Para nós, manter a sua confiança é o mais importante. Por isso, estamos fazendo o possível para minimizar as consequências deste imprevisto.”

Os pacotes já emitidos e que contam com localizador ou e-ticket permanecem sem alterações. Entretanto, os pedidos da linha PROMO que ainda não tiveram suas emissões concluídas, com viagens planejadas para os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2023, serão cancelados, garantindo o reembolso integral aos clientes, conforme declarado pela empresa.

A 123milhas já enfrentou problemas em relação à linha PROMO anteriormente. No final de agosto de 2022, a empresa foi notificada pelo Procon devido à venda de pacotes promocionais que, conforme relatos de clientes, não foram disponibilizados ao consumidor. Essa situação gerou uma onda de mais de 1.000 reclamações no site Reclame Aqui.

Diante dessa suspensão de passagens e pacotes, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) ofereceu orientações sobre os direitos dos consumidores e os passos a serem tomados:

  1. Procurar a Empresa: Inicialmente, é indicado tentar resolver a questão diretamente com a empresa. Caso haja dificuldades, a plataforma consumidor.gov.br pode ser utilizada para tratar do problema por escrito e obter comprovantes.
  2. Registrar Reclamação no Procon: Se a resolução direta não for eficaz, é possível fazer uma reclamação junto ao Procon. Isso pode resultar na abertura de um processo administrativo, visando investigar a situação a fundo.
  3. Recorrer à Justiça: Se as tentativas anteriores não solucionarem o problema, a última opção é ingressar com uma ação na Justiça. Se o valor total, somado a quaisquer danos adicionais, for inferior a 20 salários mínimos (R$ 26.400 em 2023), o Juizado Especial Cível pode ser acionado sem a necessidade de custos ou advogados.
Sarah Oliveira
Sarah Oliveira
Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.