Surfista brasileiro morre, aos 47 anos de idade, após queda em Nazaré

Márcio Freire, surfista de ondas gigantes, não resistiu aos ferimentos após sofrer um acidente ao descer de um dos "paredões" da praia do Norte, em Nazaré, Portugal.
TAG Notícias

Considerado uma lenda no surfe de ondas gigantes, Márcio Freire rodou o mundo através do esporte.

Aos 23 anos, foi morar em Maui, no Havaí e foi um dos primeiros a se desafiar em Jaws na remada. Ele era um dos integrantes do trio “Mad Dogs” (Cachorros Loucos), formado por ele, Danilo Couto e Yuri Soledade, conhecidos por desbravar ondas gigantes livremente, com poucos aparatos de segurança como colete salva-vidas, equipe de resgate e jet ski.

Márcio Freie (Foto: Reprodução)

O comandante da Capitania de Nazaré, Mário Lopes Figueiredo, lamentou a morte do surfista:

“Lamentavelmente, nenhuma das manobras de suporte de vida teve sucesso, acabando o óbito por ser declarado no local”

Márcio Freire foi resgatado para a praia em um jet ski, porém, já com ausência de fluxo de ar nos pulmões.

O surfista Vinicius dos Santos chegou ao local após notar a movimentação na areia, e sem saber do ocorrido, viu o amigo recebendo o atendimento.

“Eu estava indo surfar e, quando cheguei na praia, vi o movimento do carro de salva-vidas, de resgate. Vi uma movimentação que parecia uma ressuscitação. Larguei a prancha e saí correndo. Quando eu vi, era o nosso amigo. Todos tentaram trabalhar junto com ele. Não teve um momento de pausa, todo mundo fez o que pôde. O Márcio acabou nos deixando. Ele foi uma inspiração para a minha geração de surfista. Ele nos fez acreditar que era possível, juntamente com o Danilo (Couto) e com o Yuri (Soledade), os Mad Dogs. Eles desbravaram Jaws na remada, o que ninguém acreditava. Eu era menino, isso me motivou, me fez acreditar no meu sonho. Estou digerindo isso. Era uma pessoa próxima. Somos surfistas de ondas gigantes. O legado do Márcio será eternizado, ele influenciou uma geração e vai continuar influenciando, porque a história dele está aí. Fiquei chocado, mas não deixei de tentar ajudá-lo. É aceitar, rezar e apoiar os amigos aqui.”

+ Scooby atualiza estado de saúde da filha internada e esposa recebe alta

 

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 1045