Rodrigo Faro não aceita redução salarial da Record e deve ser demitido

Rodrigo Faro não aceita redução salarial e deve ser demitido da Record
TAG Notícias

O apresentador ainda não assinou a sua renovação de contrato

Rodrigo Faro, Record, ainda não assinou a sua renovação de contrato. O documento atual irá vencer no próximo dia 31 de dezembro e até o momento o apresentador não tomou nenhuma atitude.

Segundo o jornalista Ricardo Feltrin, do portal UOL, o único impasse que está causando a demora para a renovação é um detalhe, talvez o mais importante, o salário.

A Record propôs uma redução gigantesca no salário do apresentador. Atualmente, Faro ganha cerca de R$ 1.2 milhão por mês, desde 2018 quando houve a última renovação, mas a emissora de Edir Macedo não está mais disposta a pagar um salário tão alto como esse e ofereceu R$ 300 mil. Segundo o que foi apurado, a Record alega que o mercado mudou, o programa do Faro é muito caro e que ele perde na audiência para Eliana, do SBT.

Rodrigo Faro, até o fechamento dessa nota, não assinou o contrato, ou seja, não aceitou a negociação proposta e deve sair da emissora já no dia 1 de janeiro.

VAI FICAR NO AR

Vale lembrar que mesmo saindo no final do ano, Faro fica no ar na Record durante todo o mês de janeiro, já que os programas estão gravados e seguiu o calendário anual.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1561