Logo
Virou notícia, virou Tag!

Regina Duarte ironiza situação dos Yanomamis e causa revolta: “É imoral, cruel demais”

Facebook
Twitter
LinkedIn
Regina Duarte causa polêmica com postagem no instagram
Regina Duarte causa polêmica com postagem no instagram

A atriz novamente causou revolta entre internautas e colegas famosos ao expor suas opiniões nas redes sociais

Através de suas redes sociais, a atriz Regina Duarte tem publicado publicações sobre a situação envolvendo o povo Yanomami.

+ Processada por homofobia, Cássia Kis alega estar desempregada e pede redução de multa

Assolados pela desnutrição, a crise humanitária envolvendo os indígenas tem causado inclusive mortes, e o caso vem sendo tratado como genocídio.

No último sábado, dia 28, Regina Duarte, ex-secretária de cultura do Governo Bolsonaro, fez uma postagem em seu instagram ironizando a situação.

Na postagem, a atriz utilizou uma imagem de uma criança com a seguinte legenda: “A infância desamparada dos Ianonamis (SIC), uma gente criada à base de mandioca, feijão, verduras e peixe.”

Imediatamente surgiram críticas tanto de pessoas anônimas como de famosos, inclusive colegas de profissão de Regina Duarte.

O ator Paulo Betti comentou: “Regina, sua atitude é inexplicável. Você é mãe e avó! Respeite a inteligência de que lê suas postagens e te segue. Respeite o povo Yanomami!”

José de Abreu, colega de Regina Duarte na novela “História de Amor”, também se posicionou: “Quando disse que você não valia nada, me criticaram.”

A apresentadora Astrid Fontenelle escreveu: “Nem sigo mais. Muita decepção. Mas dessa vez a senhora ultrapassou todos os limites da sanidade e da moralidade. É imoral, cruel demais! Não se sensibilizar com a situação dessas crianças é porque a sua humanidade foi embora da sua alma”.

Veja outras reações:

 

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira
Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.