Logo
Virou notícia, virou Tag!

Preta Gil fará cirurgia para retirar câncer: ‘Esse pesadelo vai acabar’

Em maio deste ano, Preta Gil iniciou uma nova fase do tratamento contra o câncer no intestino, quando viajou a São Paulo para conhecer sua equipe médica e começar as sessões de radioterapia e quimioterapia oral

Facebook
Twitter
LinkedIn
Preta Gil após diagnóstico de câncer
Preta Gil recebe diagnóstico de câncer (Foto: Reprodução/Instagram)

Na segunda-feira, 31, a cantora Preta Gil anunciou que passará por uma cirurgia para a retirada do câncer no intestino nas próximas duas semanas. Através do Instagram, ela compartilhou seus planos e enfatizou que está aproveitando os últimos momentos do processo de cura.

“Último dia no paraíso. Eu já estou como? Chateada… Mas vamos voltar! Tem muita coisa boa pra acontecer. Meu aniversário é na semana que vem. Na outra semana, a gente opera”, explicou em seus Stories.

Preta demonstrou estar preparada para o procedimento cirúrgico: “Se Deus quiser, vai dar tudo certo e esse pesadelo vai acabar. Enquanto isso, vamos aproveitar o último dia. Vamos pra praia!

No domingo passado (30/7), a artista de 48 anos já havia compartilhado sobre seu período no litoral: “Está me curando de várias formas. A força da natureza desse lugar faz a gente se sentir mais perto de Deus.”

Câncer no intestino

Em maio deste ano, Preta Gil iniciou uma nova fase do tratamento contra o câncer no intestino, quando viajou a São Paulo para conhecer sua equipe médica e começar as sessões de radioterapia e quimioterapia oral.

Em junho, ela anunciou que seria submetida a uma cirurgia na região do tumor e mencionou a necessidade de usar uma bolsa de colostomia para “dar um sossego” ao seu organismo.

“A gente tem muito esses obstáculos. Os médicos me mostram como é, como se faz. E para tudo na vida a gente tem uma solução. Tem que ter esse otimismo”, afirmou no programa Mais Você.

Preta Gil revela estar preparada para morte e conversa decisiva com o pai

Em um relato impactante,  Preta Gil compartilhou abertamente suas conversas com seu pai, o ícone Gilberto Gil, sobre um tema tabu: a morte. Essas discussões se tornaram essenciais após o diagnóstico do câncer no intestino, contra o qual a cantora tem travado uma batalha corajosa.

Preta Gil revelou à revista “Marie Claire” a importância dessas conversas com seu pai, pois a morte é um assunto evitado e silenciado na sociedade ocidental. Ela afirmou: “A morte é um assunto muito tabu, principalmente no Ocidente. Ninguém fala da morte. Mas eu tenho um pai que fala de uma forma natural sobre isso. Temos conversado bastante”.

A artista explicou que a grave condição de septicemia que enfrentou em março levou-a a refletir profundamente sobre a mortalidade. Naquela época, sua vida estava por um fio. “Eu realmente comecei a ver a morte de outro jeito. É uma realidade que a finitude pode chegar para mim mais rápido. Sempre tive muito medo de morrer, hoje não tenho mais. No fundo, porque sei que a morte não vai chegar agora. Mas estou preparada”, compartilhou.

Preta Gil destacou que tem se apoiado na sabedoria de seu pai durante esse processo. Ela revelou: “De uns anos para cá, aprendi a usufruir da sabedoria do meu pai. Muitas coisas podem parecer assustadoras em um primeiro momento, mas são reveladoras e transformadoras depois.”

Recentemente, a cantora fez um desabafo nas redes sociais, expressando seus sentimentos. Ela ressaltou que está bem, mas admitiu que está passando por momentos de tristeza. Preta Gil frisou a importância de não se pressionar para demonstrar força e positividade o tempo todo, pois isso pode ser prejudicial. Ela compartilhou: “Estou bem, só não postei nada por aqui esses dias porque estou triste sim e está tudo bem. Essa tentativa de me manter forte e positiva o tempo todo pode ser tóxica”.

Por fim, Preta Gil expressou que, quando estiver mais forte e menos vulnerável, pretende compartilhar sua jornada e experiências pessoais com seus seguidores. Ela concluiu: “Vocês podem imaginar o quão difícil está sendo esses últimos meses, tenho que focar no meu tratamento, mas às vezes é inevitável sucumbir à dor com tudo que passei na minha vida pessoal! Um dia, quando estiver mais forte, menos vulnerável, conversaremos sobre isso!”.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira
Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.