Prefeitura do Rio vai desapropriar terreno para construção de estádio do Flamengo, anuncia Paes

Prefeitura do Rio de Janeiro Anuncia Desapropriação de Área na Região Portuária
novo estádio
Neste domingo (23), o prefeito do Rio de Janeiro anunciou a desapropriação de um terreno no bairro do Gasômetro, na região portuária da cidade, destinado à construção do novo estádio do Flamengo. A decisão foi celebrada pelo clube, que expressou gratidão através das redes sociais. “O Clube de Regatas do Flamengo parabeniza a decisão da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro em desapropriar o terreno do Gasômetro, na região portuária. A decisão do prefeito reconhece o interesse público envolvido e propicia um passo importantíssimo na realização do projeto para erguer o estádio próprio do Flamengo, sonho de toda a Nação Rubro-Negra“, publicou o clube.

https://x.com/Flamengo/status/1804864821260599426?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1804864821260599426%7Ctwgr%5E72ca037856fcccb803223fc3df6cb789c85f9fa0%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.cnnbrasil.com.br%2Fesportes%2Ffutebol%2Fflamengo%2Fflamengo-prefeitura-vai-desapropriar-terreno-para-construcao-de-estadio%2F

Importância do Projeto e Brincadeira do Prefeito

A medida será oficializada nesta segunda-feira (24) no Diário Oficial. O prefeito destacou que o projeto contribuirá significativamente para a revitalização da região e oferecerá novas opções de entretenimento. Apesar de ser vascaíno, o prefeito fez uma brincadeira sobre a decisão, dizendo que este foi “um dos momentos mais tristes como prefeito”.

Histórico e Localização Estratégica

O projeto de um novo estádio para o Flamengo vem sendo trabalhado há algum tempo. Em março, o presidente do clube, Rodolfo Landim, apresentou o projeto à Caixa Econômica Federal. O terreno do Gasômetro, avaliado em R$ 250 milhões, pertence a um fundo de investimentos gerido pela Caixa e tem sido o favorito para o novo estádio desde 2022. A localização é estratégica, próxima à Rodoviária Novo Rio, ao Terminal Intermodal Gentileza e às principais vias de entrada da cidade, como a Linha Vermelha, Avenida Brasil e Ponte Rio-Niterói.

Alternativas Avaliadas e Escolha Final

https://x.com/eduardopaes/status/1804866800682676309?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1804866800682676309%7Ctwgr%5E72ca037856fcccb803223fc3df6cb789c85f9fa0%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.cnnbrasil.com.br%2Fesportes%2Ffutebol%2Fflamengo%2Fflamengo-prefeitura-vai-desapropriar-terreno-para-construcao-de-estadio%2F

Antes de escolher o Gasômetro, o Flamengo considerou outros locais na cidade, incluindo Deodoro e o Parque Olímpico na Barra da Tijuca, mas essas opções não se mostraram viáveis. A área faz parte do Projeto Porto Maravilha, que tem recebido investimentos de revitalização há anos, reforçando a importância da escolha.

Continuidade no Maracanã

Enquanto o novo estádio não fica pronto, o Flamengo continua sua parceria no Maracanã. No início de junho, o Governo do Rio anunciou que o Consórcio Fla-Flu será responsável pelo uso e gestão do estádio pelos próximos 20 anos.

Para mais notícias sobre o Flamengo e outros acontecimentos no Rio de Janeiro, Siga a gente no Google News através deste link.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2075

Deixe um comentário