Logo
Virou notícia, virou Tag!
desrespeito

Prefeito é expulso de partido após sugerir castração de mulheres

Prefeito de Barra do Piraí, RJ, Mário Esteves (PROS), provocou uma grande polêmica ao fazer comentários sugestivos sobre o controle do número de crianças na cidade

Facebook
Twitter
LinkedIn
Prefeito de Barra do Piraí é expulso do partido (Foto: Reprodução)
Prefeito de Barra do Piraí é expulso do partido (Foto: Reprodução)

O Partido Solidariedade anunciou neste domingo a expulsão do prefeito de Barra do Piraí (RJ), Mário Esteves, de seus quadros devido a uma declaração polêmica na qual ele sugeriu a castração de mulheres no município.

Em um discurso proferido na última quinta-feira durante a inauguração de uma creche, Esteves declarou que seria necessário “começar a castrar essas meninas”, caso contrário, “haja creche para ser construída nos próximos anos”.

O partido emitiu uma nota assinada pelo deputado federal Áureo Ribeiro (Solidariedade-RJ), presidente do diretório estadual, condenando a fala de Esteves como “misógina” e demonstrando “total desrespeito às mulheres”.

O partido enfatizou que não tolera discursos, ações ou demonstrações de qualquer tipo de preconceito.

Leia também: MPF pede R$ 5 milhões a Damares por fake news sobre abuso infantil

Este é o segundo caso de expulsão do Solidariedade em poucos dias. Anteriormente, a direção do partido em São Paulo havia determinado a expulsão do advogado Hery Kattwinkel por ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) durante o julgamento dos envolvidos nos atos golpistas de 8 de janeiro.

É importante destacar que Mário Esteves se elegeu prefeito em 2020 pelo Republicanos e depois migrou para o PROS, partido que foi incorporado pelo Solidariedade neste ano.

Após a repercussão do episódio, a prefeitura de Barra do Piraí emitiu uma nota afirmando que Esteves “jamais teve intenção de promover qualquer prática danosa ou preconceituosa às mulheres” e atribuiu a declaração a um momento de “descontração”.

Nas redes sociais, Esteves também se manifestou sobre o assunto, alegando que as palavras nem sempre refletem as verdadeiras intenções e culpando a repercussão do caso a um “erro de comunicação” no mundo digital.

Débora Carvalho
Débora Carvalho
Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!