Policial reage a assalto no Rio de Janeiro, mata suspeito e morre em hospital

TAG Notícias

Na tarde de quarta-feira (8), um policial civil identificado como Wellington Lourenço Soares faleceu após reagir a um assalto na Avenida Lúcio Costa, localizada na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Soares, lotado na 52ª DP (Nova Iguaçu), foi rendido por dois criminosos ao sair de um restaurante. Ele reagiu, resultando no óbito de um dos suspeitos e no ferimento do policial, atingido por disparos no braço, de acordo com testemunhas, mesmo após ter as costas voltadas.

Leia também: Equipe da Enel é sequestrada por moradores revoltados após 80 horas sem luz em SP

Posteriormente, Soares sofreu uma parada respiratória e não resistiu, sendo encaminhado ao Hospital Lourenço Jorge, também na Barra da Tijuca.

O policial estava sob investigação por possível envolvimento com milícia e já havia sido alvo de uma operação contra milicianos, tendo tido uma arma apreendida anteriormente.

A Delegacia de Homicídios iniciou as investigações do caso, realizando a perícia no local do confronto. Policiais do 31º BPM (Recreio) também foram deslocados para a região.

O restaurante onde o policial almoçava foi afetado por um incêndio, com bombeiros acionados para conter as chamas.

Testemunhas relataram que durante um incidente em uma obra no estabelecimento, uma solda atingiu a espuma do letreiro, dando origem ao incêndio.

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 1071

Deixe um comentário