Logo
Virou notícia, virou Tag!
Real digital

O real digital agora tem nome: Drex

O Drex é uma Moeda Digital de Banco Central, também conhecida pela sigla em inglês CBDC (Central Bank Digital Currency).

Facebook
Twitter
LinkedIn
O Banco Central (BC) anunciou que o real digital será chamado Drex (foto: reprodução Tag Notícias)
O Banco Central (BC) anunciou que o real digital será chamado Drex (foto: reprodução Tag Notícias)

Nesta segunda-feira (7), o Banco Central (BC) revelou que a tão aguardada moeda digital brasileira agora tem um nome oficial: Drex. Com previsão de estar acessível à população até o final de 2024, o Drex busca se estabelecer como uma alternativa eletrônica ao real em espécie.

A escolha do nome Drex tem uma significância relacionada ao projeto em si: as letras “dr” correspondem a “real digital”, o “e” representa “eletrônico” e o “x” simboliza modernidade e conexão, de acordo com a perspectiva do Banco Central. Assim como aconteceu com o Pix, o Drex também ganhou uma marca oficial concedida pela autoridade monetária.

Leia também: Banco Itaú apresenta falha no quinto dia útil e clientes não conseguem acessar conta

O Que é o Drex?

O Drex é uma Moeda Digital de Banco Central, também conhecida pela sigla em inglês CBDC (Central Bank Digital Currency).

Diferentemente das criptomoedas, as moedas digitais de banco central possuem respaldo governamental e emissão centralizada. Portanto, o Drex será uma representação digital do real físico.

A cotação do Drex será fixa: um Drex terá o mesmo valor que um real em papel ou moeda convencional, invariavelmente. Além disso, o Drex poderá ser convertido em notas físicas e vice-versa.

Para adquirir e utilizar a moeda digital, os usuários deverão dispor de uma carteira virtual, a qual será custodiada por uma instituição de pagamento ou banco autorizado pelo Banco Central.

A operação do Drex será executada por meio de uma plataforma de registros distribuídos, como a blockchain. O Drex englobará três categorias de ativos:

  • Real Digital, direcionado ao mercado atacadista e interbancário, similar às reservas bancárias ou contas de liquidação.
  • Real Tokenizado, voltado para transações de varejo, equivalente ao depósito bancário.
  • Títulos do Tesouro Direto, também viabilizando a compra e venda dentro deste ambiente.

Quando Chegará o Drex?

Atualmente, o Drex se encontra em fase de testes por meio de um programa piloto do Banco Central, que engloba 16 empresas individuais e consórcios.

As discussões em torno da criação da moeda digital pelo Banco Central tiveram início em 2020. Embora não haja um cronograma específico de lançamento, a expectativa é que o Drex seja disponibilizado ao público até o término de 2024.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira
Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.