Morcego com raiva é encontrado pela prefeitura de São Paulo na região da Lapa e faz alerta

TAG Notícias

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) emitiu um comunicado preocupante nesta quarta-feira (3): um morcego raiva foi descoberto na região da Lapa, na Zona Oeste de São Paulo. Este achado acendeu um sinal de alerta na cidade, uma vez que a raiva é uma doença letal que pode afetar tanto animais quanto humanos.

Leia também: Vídeo: Filho atira contra o assassino do pai durante julgamento em Pernambuco

A raiva é uma doença viral que afeta mamíferos, incluindo os seres humanos, e é caracterizada por uma encefalite progressiva e aguda, geralmente fatal. Por isso, é crucial que a população esteja ciente dos perigos e das medidas preventivas necessárias.

Diante dessa situação, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) está intensificando ações de vigilância e alertando a população da região, distribuindo panfletos com orientações sobre como proceder ao encontrar um animal da mesma espécie.

Ainda não foram identificados casos secundários de contaminação em animais domésticos da região, segundo informações da pasta. Porém, é essencial que medidas preventivas sejam tomadas para evitar a propagação do vírus.

Orientações Cruciais da Covisa:

  • Comunique imediatamente à Vigilância em Zoonoses através do Portal SP156 se encontrar um morcego caído em via pública.
  • Em casos de mordedura, arranhadura ou lambedura por morcegos, viva ou mortos, busque atendimento médico imediato.
  • Mantenha a vacinação anual antirrábica dos animais domésticos sempre atualizada.

A gestão municipal ressalta a importância da vacinação anual contra a raiva para animais domésticos como cães e gatos, como medida preventiva eficaz.

Transmissão e Sintomas da Raiva:

A transmissão da raiva ocorre principalmente através do contato direto com a saliva de animais infectados, através de mordidas, arranhões ou lambidas. A doença apresenta três ciclos de transmissão: urbano, rural e silvestre.

Os sintomas da raiva em animais incluem dificuldade para engolir, salivação abundante, mudança de comportamento e hábitos alimentares, e paralisia das patas traseiras. Nos cães, o latido pode tornar-se rouco, enquanto os morcegos podem ser encontrados durante o dia, fora de seus hábitos usuais.

Fique atento aos sintomas e às medidas preventivas. A segurança está em primeiro lugar.

Siga a gente no Google News para receber mais atualizações sobre saúde pública e alertas de segurança. Clique aqui

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1561

Deixe um comentário