Ministro da Justiça, Dino autoriza que Força Nacional parta pra cima de atos antidemocráticos em Brasília

TAG Notícias

Segundo Dino, os agentes irão atuar na proteção do patrimônio contra atos antidemocráticos

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flavio Dino autorizou no último sábado (07), que a Força Nacional use seus agentes para auxiliar na proteção da ordem pública e do patrimônio em Brasília, principalmente contra atos que ameaçam a democracia.

“Além de todas as forças federais disponíveis em Brasília, e da atuação constitucional do Governo do Distrito Federal, teremos nos próximos dias o auxílio da Força Nacional. Assinei agora Portaria autorizando a atuação, em face de ameaças veiculadas contra a democracia”, escreveu o ministro através do seu twitter oficial.

+ Com medo de ser preso, Bolsonaro tem crise feia de choro em jantar com Fábio Faria e Toffoli

Segundo o que foi divulgado, a portaria assinado autoriza: “O emprego da Força Nacional de Segurança Pública – FNSP, para auxiliar na proteção da ordem pública e do patrimônio público e privado entre a Rodoviária de Brasília e a Praça dos Três Poderes, assim como na proteção de outros bens da União situados em Brasília, em caráter episódico e planejado, nos dias 7, 8 e 9 de janeiro de 2023”.

Vale lembrar que desde a derrota de Bolsonaro nas eleições de 2022, apoiadores do candidato não aceitam o resultado e pedem pela intervenção militar em atos antidemocráticos.

Dino, em conversa com diretores gerais da Polícia Federal e da Polícia Rodoviário Federal, revelou que “novas providências sobre atos antidemocráticos podem configurar crimes federais.

“Vamos manter a sociedade informada. Pequenos grupos extremistas não vão mandar no Brasil”, concluiu Dino.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1647