Lula obriga famílias a darem vacinas em crianças para receberam o Bolsa Família

TAG Notícias

O presidente criticou o negacionismo criado em cima do assunto vacina nos últimos anos

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), confirmou nesta segunda-feira, que a vacinação será obrigatória para aquelas famílias que desejam se inscrever no programa do “Bolsa Família”, assim como a obrigatoriedade da presença escolar.

+ Ministro Alexandre de Moraes, presidente do TSE, quer regulamentar as redes sociais no Brasil

“O Bolsa Família volta com uma coisa importante: condicionantes. Primeiro, as crianças até 6 anos de idade vão receber R$ 150 reais a mais; segundo; as crianças têm que estar na escola, senão a mãe perde o auxílio; terceiro; a criança tem que ser vacinada, se não tiver atestado de vacina, a mãe perde o benefício; quarto, se a mãe tiver em estado de gestação, ela tem que fazer todos os exames que a medicina exige”, revelou Lula.

O atual programa “Auxílio Brasil”, do antigo governo Bolsonaro (PL), havia retiro a obrigatoriedade da matrícula escolar e nunca cogitou acrescentar a vacinação.

A fala de Lula foi dita durante um evento de inauguração do Super Centro Carioca de Saúde, no bairro da Benfica, no Rio de Janeiro. Marcaram presença no local, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o governador Cláudio Castro e também a primeira dama Janja.

No mesmo evento foi anunciado o investimentos de R$ 600 milhões para apoiar estados e municípios para ajudar na redução da fila de cirurgias no SUS.

LULA CRITICA NEGACIONISMO

Lula aproveito o evento para criticar o negacionismo contra as vacinas, dizendo que o último governo “é responsável por mais da metade do povo que morreu de covid-19”.

“Nunca tinha imaginado que um presidente da República fosse capaz de mentir descaradamente dos benefícios da vacina, envolvendo religião, envolvendo o povo mais pobre, dizendo que se as pessoas tomassem vacina virava isso ou aquilo, ou seja, não tinha mentira que não fosse contada para evitar que o povo não tomasse vacina”, disse o presidente.

 

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1688