Linha Uni revela planos de entregar Linha 6-Laranja somente em 2028

ATRASO

As esperanças de ver a conclusão das obras da Linha 6-Laranja de metrô em São Paulo foram adiadas novamente, com a possibilidade de entrega total apenas no ano de 2028.

Segundo um documento público divulgado pela concessionária Linha Uni, no primeiro trimestre deste ano, problemas geotécnicos surgiram, resultando em um considerável acréscimo de 1096 dias, ou seja, três anos e um dia além do prazo inicialmente estabelecido.

Leia também: Burocracia brasileira leva um terço das micro e pequenas indústrias à informalidade

O Governo do Estado já está ciente dessa extensão no prazo. De acordo com o texto, os problemas geotécnicos estão causando o atraso na entrega das 15 estações, desde Brasilândia até São Joaquim, no centro da capital paulista. Esse aumento no prazo começaria a contar a partir de 2025, data inicialmente anunciada pelo ex-governador João Doria em 2020, quando prometeu a retomada das obras e estimou um prazo de cinco anos para conclusão, sem impedimentos.

Cronograma Linha 6-Laranja (Foto: Reprodução)
Cronograma Linha 6-Laranja (Foto: Reprodução)

Contudo, caso a projeção da construtora se confirme, o metrô atravessando a Zona Norte só estaria pronto durante o próximo mandato governamental, o que pode gerar insatisfação na gestão atual, que esperava contar com a linha operando até a estação Perdizes durante o período eleitoral, com oito paradas no caminho.

A concessionária em breve terá uma resposta sobre o pedido de reequilíbrio financeiro do contrato devido a esses riscos geotécnicos. Em nota, a Secretaria de Parcerias em Investimentos informou que o cronograma divulgado pelo governador Tarcísio de Freitas, onde a entrega completa da linha ocorreria em 2027, está mantido.

MAIS CUSTOS

É ressaltado que assumir custos financeiros adicionais está previsto no contrato de concessão e é uma prática comum em projetos de infraestrutura. O Governo de São Paulo também destacou que acompanha de perto as obras da Linha 6-Laranja e está realizando fiscalizações através da Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões (CMCP).

Neste momento, a concessionária está empenhada em estudos para acelerar a conclusão do empreendimento diante dos desafios geotécnicos, modificando métodos de construção e intensificando os esforços e recursos aplicados. Conforme acordado, está previsto o início da operação parcial em 2026, entre Brasilândia e Perdizes, com a entrega total do novo ramal até o centro da capital em abril de 2027.

 

Acompanhe as últimas atualizações sobre a Linha 6-Laranja no Google News! Siga a gente agora

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1647

Deixe um comentário