Justiça decide que Daniel Alves pode deixar prisão se pagar fiança de 1 milhão de euros

TAG Notícias

A Justiça de Barcelona concedeu nesta quarta-feira (20) liberdade provisória ao ex-jogador brasileiro Daniel Alves, enquanto sua defesa aguarda a sentença final do recurso apresentado contra sua condenação por agressão sexual.

Em decisão publicada pela manhã, os juízes determinaram que Alves poderá aguardar em liberdade provisória, mediante o pagamento de uma fiança no valor de 1 milhão de euros (aproximadamente R$ 5,4 milhões).

Leia também: Técnico de radiologia é preso por obrigar paciente a ficar nua em raio-X

Contudo, exigiram que todos os seus passaportes, brasileiro e espanhol, sejam retidos caso a fiança seja paga.

Além disso, a sentença impõe diversas condições, incluindo:

  • Manter uma distância mínima de 1 quilômetro da residência, local de trabalho ou outros locais frequentados pela vítima, que é residente em Barcelona;
  • Abster-se de qualquer forma de comunicação com a denunciante;
  • Permanecer na Espanha;
  • Comparecer semanalmente ao Tribunal de Barcelona, bem como sempre que solicitado pela autoridade judiciária.

A decisão, tomada por maioria, foi fundamentada na possibilidade de evitar a prisão provisória mediante o pagamento da fiança estipulada.

Até o momento desta atualização, a defesa de Daniel Alves não havia informado se pagará a fiança. O ex-jogador encontra-se detido no presídio de Brians 2, situado a 40 quilômetros de Barcelona, onde possui uma residência adquirida durante seu período no Barcelona. Sua esposa, a modelo espanhola Joana Sanz, atualmente reside na propriedade, conforme relatos da imprensa local.

Mantenha-se atualizado, siga a gente no Google News!

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 977

Deixe um comentário