Jornalista da Record é encontrado no litoral de SP após ficar mais de 24 horas desaparecido

TAG Notícias

O jornalista Renato Barone, da TV Record, foi encontrado em São Vicente, no litoral de São Paulo, nesta quarta-feira, 29, após desaparecer na última terça-feira, 28, em São Paulo

O Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa está investigando o desaparecimento do jornalista Renato Barone, que foi visto pela última vez perto da Ponte da Casa Verde, Zona Norte de São Paulo, por volta das 5h40 da terça-feira.

 

 

+ Homem discute por causa de pizza e atira em garçom de restaurante no litoral de São Paulo

A Polícia Civil foi notificada do caso e está trabalhando para descobrir o que aconteceu com ele.

De acordo com o programa Balanço Geral, o jornalista foi encontrado em São Vicente no início da tarde, e a esposa de Renato Barone foi quem forneceu a informação.

Reinaldo Gottino, colega de trabalho de Renato Barone e apresentador do programa, disse emocionado que a família está a caminho do litoral para visitá-lo no hospital, onde está recebendo tratamento médico.

A Prefeitura de São Vicente informou em nota que Renato Barone foi encontrado por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM-SV) no bairro Bitaru.

Ele estava pedindo ajuda e alegando que havia sido sequestrado.

Os guardas verificaram as informações e confirmaram que se tratava do jornalista desaparecido de São Paulo.

Renato Barone foi levado ao Hospital Municipal Crei, onde foi atendido e não apresentava ferimentos, mas estava bastante abalado.

Ele foi encaminhado ao 1º Distrito Policial (DP) para registrar a ocorrência e se reunir com sua família.

Renato Barone é o chefe de reportagem do programa Cidade Alerta na emissora em que trabalha.

Uma câmera de segurança capturou o momento em que ele estacionou seu carro e caminhou em direção à ponte, carregando uma mochila.

Ele estava indo para o trabalho, que fica a cerca de 1,4 km do local.

Quando seus colegas perceberam que ele não havia chegado ao trabalho, eles contataram a esposa de Renato Barone, que informou que ele havia saído para trabalhar normalmente.

O caso continua sendo investigado pelas autoridades competentes. O esquadrão antissequestro foi acionado durante as investigações.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2007