Influencer que morreu por reação alérgica a camarão deixou carta de despedida

TAG Notícias

Embora não se saiba exatamente quando Brendo Yan escreveu a carta, Victoria Figueiredo disse que a recebeu assim que eles se casaram, há um ano.

Brendo Yan da Silva, um influenciador digital de 27 anos de idade, faleceu após uma reação alérgica a camarão em Natal. A notícia da morte comoveu muitas pessoas nas redes sociais, e sua esposa, Victoria Figueiredo, revelou que ele deixou uma carta de despedida.

Em sua carta, Brendo Yan da Silva pediu que todos aproveitassem a vida intensamente, e deixou instruções sobre como queria que fosse seu funeral caso chegasse o dia.

+ Luto: Cantora sertaneja Naiara é encontrada morta em casa e vídeo se despedindo é exposto

Por ser do candomblé, um dos desejos de Brendo Yan da Silva era que todos estivessem de branco e que houvesse um festejo em seu funeral. O pedido foi atendido na tarde desta quinta-feira (27) durante o cortejo e o sepultamento na Redinha, bairro em que ele morava. O cortejo contou com uma banda de frevo e um estandarte do Bloco do Anjinho, criado pelo influenciador digital no carnaval deste ano.

Segundo Victoria Figueiredo, Brendo Yan da Silva queria que todos se lembrassem dele e que continuassem a celebrar a vida como ele fazia. Ela disse que vai manter o Bloco do Anjinho nos próximos anos em homenagem ao marido. No carnaval de 2023, foi a primeira vez que o bloco ganhou as ruas, realizando um sonho antigo do influenciador.

“E é isso que ele vai deixar dentro de mim: que eu aproveite a vida, que eu curta a vida. Foi isso que ele me pediu na carta”, disse Victoria Figueiredo.

Brendo Yan da Silva era conhecido por seu trabalho nas redes sociais, onde tinha mais de 90 mil seguidores no Instagram. Ele compartilhava conteúdo sobre estilo de vida, viagens, moda e culinária. Seu falecimento foi uma grande perda para sua família, amigos e seguidores, que se uniram para prestar homenagens nas redes sociais.

“O legado que ele deixou é o que fica. Que a gente viva intensamente, que a gente aproveite a vida intensamente, que a vida é uma só e a gente não sabe o dia de amanhã. E eu não sabia realmente o dia de amanhã. Se eu soubesse, eu teria aproveitado mais”, concluiu Victoria Figueiredo.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1879