Idoso de 77 anos morre após levar “voadora” na frente do neto de 11 anos

agressão

Um idoso de 77 anos, Cesar Fine Torresi, morreu após ser brutalmente agredido com uma “voadora” pelo motorista de um carro em Santos, litoral paulista. O incidente ocorreu na tarde de sábado (8/6), enquanto o idoso atravessava a Rua Pirajá da Silva, no bairro Aparecida, de mãos dadas com seu neto de 11 anos.

Leia também: Mulher se joga do 5º andar de prédio para fugir de agressões

Dinâmica da Agressão

De acordo com a polícia, o trânsito estava parado quando Cesar e seu neto atravessaram a via entre os carros, o que teria irritado o motorista, um homem de 39 anos. O motorista avançou com o carro em direção aos dois, forçando o idoso a se apoiar no capô do veículo, sem causar danos.

Após a manobra, o motorista saiu do carro, alcançou Cesar e seu neto na calçada e desferiu um chute violento no peito do idoso, que caiu desacordado. O neto de 11 anos presenciou toda a cena e relatou os acontecimentos à polícia.

Atendimento e Consequências

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou os primeiros socorros a Cesar e o levou para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Leste. Infelizmente, o idoso sofreu três paradas cardíacas e não resistiu, falecendo pouco depois.

Ação da Polícia e Detenção

Após a agressão, o agressor de 39 anos tentou se esconder em um comércio próximo, mas foi preso em flagrante pela Polícia Militar. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado como lesão corporal seguida de morte na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos.

Para acompanhar atualizações sobre este e outros casos importantes, siga a gente no Google News

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 1052

Deixe um comentário