Gusttavo Lima teve valor de cachê protegido por Bolsonaro com sigilo de 100 anos

O sertanejo Gusttavo Lima foi protegido por Bolsonaro sob o sigilo total de 100 anos
TAG Notícias

Bolsonaro protegeu Gusttavo Lima

O cantor Gusttavo Lima colhe alguns benefícios pela amizade com o filho mais novo do presidente Jair Bolsonaro (PL). Depois de ser escolhido em 2021 para fazer a propaganda da Mega da Virada, que dividiu entre dois ganhadores o prêmio de R$ 300 milhões, o sertanejo teve o valor do cachê protegido por Bolsonaro com sigilo de 100 anos. Com informações do Diário de S.Paulo.

+ Bolsonaro pode ser preso por compra de votos

Segundo o Portal da Transparência do Governo Federal, a Caixa Econômica Federal teria desembolsado mais de R$ 10 milhões para a campanha.

Apoiador do atual mandatário, o cantor ignorou a recomendação de isolamento diversas vezes durante o período da Pandemia, inclusive pressionando os governos para a liberação dos shows.

Pouco antes do final do segundo turno da eleição presidencial, Gusttavo Lima surgiu ao lado do presidente em Brasília, acompanhado de outros sertanejos, fazendo um apelo aos seus fãs para que votassem em Bolsonaro..

O sertanejo é um dos nomes investigados por cachês superfaturados e sem licitação realizadas por prefeituras de diversos estados do Brasil.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1572