Grave: Anvisa proíbe a fabricação de produtos da marca Fugini e você corre risco se tiver isso em casa

TAG Notícias

Agência identificou falhas graves no controle de qualidade e segurança da fábrica de alimentos

A marca Fugini está enfrentando uma suspensão de fabricação, comercialização, distribuição e uso de todos os seus alimentos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A medida preventiva foi tomada devido às falhas graves encontradas no controle de qualidade e segurança das matérias-primas e controle de pragas. Embora a suspensão seja apenas para os produtos em estoque na empresa Fugini Alimentos Ltda, os principais alimentos da empresa, como molhos de tomate e conservas vegetais, foram afetados.

+ Alerta importante do Banco do Brasil é emitido e clientes têm até sexta-feira para tomar providências

A Anvisa informou que a suspensão foi resultado de uma inspeção sanitária conjunta realizada entre a agência, o Centro de Vigilância Sanitária de São Paulo e a Vigilância Sanitária Municipal de Monte Alto (SP). De acordo com a inspeção, a Fugini não atendeu aos requisitos de segurança alimentar e higiene durante o processo de produção, levando à suspensão de seus produtos.

Outra questão que a Anvisa irá tratar é a respeito do uso de matéria-prima vencida na fabricação de maioneses produzidas em Monte Alto no período de 20/12/2022 a 21/03/2023.

A agência irá publicar uma resolução específica para esses lotes na quinta-feira (30). Essa resolução deve determinar o recolhimento de todas as maioneses da marca com vencimento em janeiro, fevereiro ou março de 2024, bem como dos lotes a vencer em dezembro de 2023 com numeração iniciada por 354.

Estabelecimentos comerciais e consumidores que tiverem os lotes da maionese citados na resolução não devem utilizá-los e devem entrar em contato imediato com a empresa Fugini Alimentos Ltda., que será responsável pelo recolhimento.

É importante ressaltar que a suspensão dos produtos da Fugini visa proteger a saúde e a segurança dos consumidores e garantir que os alimentos comercializados no país atendam aos requisitos de qualidade e segurança.

A Anvisa continua monitorando a situação e adotará as medidas necessárias para proteger os consumidores e garantir que os produtos comercializados estejam em conformidade com as normas de segurança alimentar.

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2016