Governador de São Paulo, Tarcísio Freitas sanciona aumento para a policiais e promete novos benefícios

TAG Notícias

Tarcísio de Freitas fez novas promessas para a polícia

O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) sancionou nesta segunda-feira (12/6) a lei que concede um aumento médio de 20,2% nos salários das polícias de São Paulo.

O projeto é de autoria do governo e foi aprovado em maio pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), após algumas divergências dentro da própria base governista.

Leia também: Lula recebe chefe da Comissão Europeia nesta segunda

A sanção ocorreu em uma cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, com um salão lotado de deputados estaduais e oficiais da PM.

No evento, Tarcísio reiterou a promessa de aumentos salariais para outras categorias do serviço público do Estado, sem fornecer prazos específicos. Ele mencionou os policiais penais, novo nome dos antigos agentes penitenciários que trabalham na Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), que ficaram de fora do aumento concedido às polícias.

Por outro lado, o governador anunciou novos benefícios direcionados exclusivamente para os profissionais da segurança pública.

Hospital da PM O primeiro é um investimento de R$ 23 milhões que o governo fará no Hospital da Polícia Militar. Segundo Tarcísio, os recursos foram obtidos por meio de uma colaboração entre deputados federais e estaduais ligados à defesa dos policiais. Serão destinados R$ 8 milhões em emendas federais e R$ 15 milhões em emendas estaduais.

Além disso, Tarcísio afirmou que enviará para a Assembleia um projeto de lei que criará um quadro de oficiais temporários para a área da Saúde na Polícia Militar.

“Por que funciona nas Forças Armadas? Se você entrar em uma das várias unidades do Exército espalhadas por todo o Brasil, sempre haverá um posto de saúde e nesse posto sempre haverá um médico, dois enfermeiros, muitas vezes um dentista”, disse o governador.

Tarcísio também mencionou um terceiro projeto de lei que enviará à Alesp propondo aumento no pagamento da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (Dejem), também conhecida como “bico oficial” da polícia.

Trata-se de um pagamento extra para o policial que, no dia de folga, se apresenta para trabalhar em serviços de patrulhamento externo, aumentando o efetivo de PMs nas ruas.

“Qual é o objetivo? Aumentar o efetivo (de policiais nas ruas). Efetivo que se somará aos 9.300 homens que serão contratados nos próximos meses, tanto para a Polícia Militar quanto para a Polícia Civil”, disse Tarcísio.

Além do concurso público para a contratação de novos PMs, Tarcísio mencionou que São Paulo em breve realizará um concurso para 126 papiloscopistas para a Polícia Técnico-Científica.

No discurso, o governador mencionou também de forma geral “investimentos em tecnologia” que seu governo pretende fazer na área da segurança pública e afirmou que uma delegação paulista esteve há algumas semanas em Israel para conhecer novidades em monitoramento da população.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1764