Google amplia receitas com publicidade no buscador, após faturamento de US$ 62 bilhões

A Alphabet, empresa controladora do Google, surpreende analistas ao divulgar resultados financeiros do segundo trimestre de 2023 que ultrapassam as expectativas.

O buscador do Google foi o principal impulsionador do crescimento, contribuindo para um faturamento de US$ 62 bilhões, excluindo os pagamentos a parceiros. As vendas superaram as projeções dos analistas, que estimavam US$ 60,2 bilhões. A receita com publicidade nas buscas foi especialmente bem-sucedida, alcançando US$ 42,6 bilhões.

Leia também:

O Google manteve sua liderança no segmento de busca, enfrentando a concorrência de empresas como Microsfoto e OpenAI, que também oferecem recursos semelhantes através da inteligência artificial generativa com o ChatGPT. Enquanto isso, o Google lançou seu próprio chatbot de IA, o Bard, ainda em fase de implementação.

Lucro líquido do Google

O lucro líquido da companhia no trimestre atingiu US$ 18,37 bilhões. Além disso, a Alphabet anunciou que a CFO Ruth Porat assumirá o novo cargo de presidente e chief investment officer a partir de setembro, mantendo seu papel como CFO até que um substituto seja encontrado.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1489